Kannemann reencontra Cristiano Ronaldo em Mundiais e promete dar trabalho ao português

Em 2014, zagueiro argentino atuava na equipe do San Lorenzo, enfrentou o Real Madrid na final do Mundial e ficou com papel de marcar o atacante

Kannemann reencontra Cristiano Ronaldo em Mundiais e promete dar trabalho ao português
(Imagem: Rodrigo Rodrigues/VAVEL Brasil)

A zaga do Grêmio terá uma missão difícil pela frente na busca pelo título do Mundial de Clubes. Os defensores do time de Renato Portaluppi estarão encarregados de parar nada mais, nada menos, que o craque do futebol mundial, Cristiano Ronaldo.

Esta não será a primeira vez que os zagueiros Pedro Geromel e Kannemann se encontram com o atleta, que ganhou cinco vezes o prêmio de melhor do mundo. O camisa três tricolor enfrentou o atacante do Real Madrid quando defendia o Mallorca, pelo Campeonato Espanhol. Já para Kannemann, a razão do duelo era a mesma em que se encontra agora, porém por outro clube.

Em 2014 o zagueiro argentino fazia parte da equipe do San Lorenzo, que conquistou o título da Libertadores da América e ganhou passagem para o Mundial de Clubes. Na oportunidade o clube da Argentina venceu o Auckland e se classificou para a final contra o clube Espanhol, que havia vencido o Cruz Azul do México.

Na grande final entre argentinos e espanhóis coube a Kannemann a complicada tarefa de parar o português. O sucesso da missão foi parcialmente alcançado, Cristiano Ronaldo não balançou as redes naquela partida, mas o San Lorenzo acabou perdendo por 2 a 0.   

Mais experiente e desta vez vestindo a camisa Tricolor, atuando ao lado de Geromel, Kannemann terá novamente a missão de parar o atacante merengue, que encontrará pela frente uma das melhores duplas de zaga do Brasil. Sobre o confronto, o argentino diz que não há fórmula correta para parar CR7, mas promete que o Grêmio dificultará as coisas para ele: “Não sei se existe alguma maneira de parar Cristiano Ronaldo, mas vamos fazer com que o trabalho dele seja difícil.”

A oportunidade para o time gremista segurar o português e companhia será às 15 horas de sábado (horário de Brasília). Grêmio e Real Madrid entram em campo para decidir quem fica com o título do Mundial de Clubes.