Leclerc comanda dobradinha da Ferrari e larga na pole no GP da Itália
Divulgação/Ferrari

E deu Ferrari no treino classificatório que define o grid de largada para o GP da Itália de 2022. Charles Leclerc bateu o seu rival na luta pelo título e larga na pole position na corrida deste domingo (11). Com uma volta fantástica, o monegasco cravou 1'20"161, o melhor tempo do final de semana.  Verstappen vem logo atrás, mas tomou uma punição por troca de câmbio e larga em sexto, Sainz completou o pódio. 

Q1

Dado a largada do treino, as Ferraris já iniciaram a primeira qualificação colocando ordem na casa. Leclerc que até aqui estava na sombra de seu companheiro, fez o melhor tempo, seguido do Sainz. Entretanto, na metade da sessão, Verstappen deu o troco e tomou a liderança do monegasco, cravando 1’20”922, sendo esse o melhor tempo do final de semana, até o momento. 

No resto, foi a luta para se manter no Q2 e continuar na classificação. Em uma disputa acirradíssima, o estreante Nick de Vries, que está substituindo o Alex Albon diagnosticado com Apendicite, realizou uma boa volta e pegou a 15º posição, enquanto o seu companheiro de equipe Nicholas Latifi ficou de fora. Acompanhado por Vettel, Stroll, Magnussen e Mick Schumacher. Portanto terminando com o Max na ponta.

Q2

Como no começo da sessão anterior, as duas Ferraris seguiam realizando bons tempos. A única diferença é que dessa vez o Sainz melhorou a volta em relação ao seu parceiro. O espanhol abriu 300 milésimos de diferença e tomou a primeira posição. Atrás da escuderia italiana, as duas Red Bulls: Max em terceiro e Sérgio Perez em quarto.

A reta final do Q2 foram reservadas para a briga de se manter vivo na superpole. Com muitas saídas de pista, vide o De Vries e Hamilton, e até um momento de tensão nos boxes com o Tsunoda fechando o Norris na saída do PIT, finalmente as duas Mclarens apareciam dentro da turma do Q3, principalmente o Ricciardo que não vive uma boa fase. Diante disso, o Sainz comandou a dobradinha da escuderia de Maranello, seguido pelo dois carros da equipe austríaca.

Leclerc voa no Q3 e larga em primeiro

Na primeira parte do Q3, os dois carros da equipe italiana continuavam mandando no treino e como no Q2, o piloto espanhol se dava melhor que o seu companheiro. Sainz marcou 1’20”584, com 200 milésimos de vantagem sobre o Leclerc. Sempre seguido pelo Verstappen que mesmo punido fazia um bom treino em busca de largar no  melhor lugar possível.

Então as emoções estavam reservados para os últimos minutos da qualificação final. Com os pneus macios novos, Sainz passou a linha de chegada com um tempo de 1’20”429, mas logo em seguida veio o Leclerc que em uma volta fantástica rebatia o seu parceiro e cravou 1’20”161 e garantia a liderança na corrida.

O piloto espanhol perdeu a segunda colocação até para o Verstappen que marcou 1'20"306, a sorte dele que o neerlândes perderá cinco posições. Diante disso, mais uma pole do Leclerc, a oitava da temporada e com isso dando um alívio na crise da Ferrari.

Sequência e classificação

Agora os carros voltam para a garagem para que amanhã as 10h seja realizado a corrida do GP da Itália. Confira o grid de largada, lembrando que essa é ainda a classificação provisória, devido a várias punições dos pilotos.

Divulgação/F1
Divulgação/F1
VAVEL Logo