Schwartzman vence primeiro set contra Nadal antes de partida ser interrompida em Paris

Espanhol não perdia uma parcial no Aberto da França desde 2015; partida foi suspensa com espanhol sacando para empatar o jogo

Schwartzman vence primeiro set contra Nadal antes de partida ser interrompida em Paris
Nadal sai da quadra com o jogo interrompido pela chuva em Paris (Foto: XINLI/Getty Images)
#1 Rafael Nadal
#12 Diego Schwartzman

O domínio de Rafael Nadal no saibro parisiense é tão grande que um fato aparentemente corriqueiro em uma partida de cinco sets acaba tendo ares de façanha. Pela primeira vez desde 2015, quando o espanhol foi eliminado do torneio por Novak Djokovic, um adversário tira um set do “Rei do Saibro” no Aberto da França. O autor do feito é Diego Schwartzman, número 12 do ranking da ATP, que vence provisoriamente por 1 set a 0 o confronto válido pelas quartas de final de Roland Garros. O jogo foi suspenso por causa da chuva quando Rafa sacava em 5/3 e 30-15 para empatar o duelo.

Nenhum dos dois tenistas conseguia ser incisivo com seu saque. Desde o game inicial, que durou mais de 10 minutos, os recebedores predominavam sobre o serviço do adversário. Schwartzman executava uma tática arriscada, atacando sempre que percebia a oportunidade e  buscando acuar o adversário.

Em dia inspirado, 'El Peke', como o tenista argentino é carinhosamente chamado pelos fãs, conquistou impressionantes 20 bolas vencedoras durante o primeiro set, quebrando o decacampeão do torneio três vezes antes de sacar em 5/4 e abrir vantagem de um set a zero na sequência.

Schwartzman foi feliz no primeiro set na execução de uma tática agressiva contra o espanhol (Foto: Aurelien Meunier/Getty Images)
Schwartzman foi eficiente no primeiro na execução de uma tática agressiva contra o espanhol (Foto: Aurelien Meunier/Getty Images )

Nadal tentou voltar para a série seguinte mais intenso no fundo de quadra, mas as bolas do número um do mundo continuaram curtas. Schwartzman quebrou mais uma vez o serviço do espanhol no terceiro game e só não aumentou a vantagem porque se desconcentrou quando tinha 40-0 no game imediatamente posterior, permitindo a reação do adversário, que empatou mais uma vez a parcial. Mas o espanhol não se encontrava no jogo, e Peke reassumiu a dianteira antes da chuva interromper o jogo pela primeira vez.

A partida reiniciou com o espanhol mais ligado e com golpes mais fundos. Schwartzman passou a errar os ataques mais agudos, em que havia sido tão bem sucedido até ali, permitindo que o espanhol levasse três games consecutivos e virasse o placar da parcial. A chuva voltou a cair forte quando Nadal sacava em 5/3, adiando a continuação do duelo para esta quinta feira (7).

O resultado provisório interrompe a sequência de 37 sets consecutivos vencidos por Rafael Nadal em Roland Garros, e o impede de alcançar o recorde ostentado pelo sueco Bjorn Borg, que triunfou em 41 parciais consecutivas do major francês entre 1979 e 1981.

No entanto, pelo que se viu hoje na Philippe Chartrier, Nadal tem de ter cuidado: o valente tenista argentino dificilmente vai se dar por satisfeito apenas com este feito.