Djokovic vira contra Basilashvili e está nas semis do ATP 250 de Doha
Foto: Divulgação/ATP

Djokovic vira contra Basilashvili e está nas semis do ATP 250 de Doha

Com parciais de 4/6 6/3 6/4, o líder do ranking segue firme no torneio que acontece no Qatar; foi o segundo jogo em que o sérvio vence de virada no torneio

ma__lin
Marcela Linhares

De virada, o líder do ranking, Novak Djokovic, venceu o #21 Nikoloz Basilashvili por dois sets a um, parciais de 4/6, 6/3 e 6/4, em 1h59, em partida válida pelas quartas de final do ATP 250 de Doha. Este é o segundo confronto entre os dois tenistas com vitória anterior do sérvio em sets diretos. O detentor de 14 Grand Slams busca vencer o torneio pela terceira vez em sua carreira. Na rodada anterior, contra Fucsovics, Djokovic já havia vencido de virada.

Ao conquistar duas quebras, o tenista georgiano conseguiu abrir a vantagem de 4/1 no placar. O sérvio conseguiu devolver uma das quebras, mas não foi o suficiente e Basilashvili venceu a primeira série por 6/4 em 44 minutos. O número 21 do ranking cometeu mais erros não forçados do que Djokovic – nove a 13 – mas, em compensação, disparou mais do que o dobro de bolas vencedoras – 18 a 7.

Uma quebra no segundo game foi suficiente para o atual líder do ranking vencer o segundo set por 6/3, em 34 minutos, e empatar a partida em um a um. Sacando para o set, o detentor de 14 Grand Slams teve seu serviço ameaçado, mas conseguiu colocar 40/40 no placar após um longo rali de 33 golpes trocados – o mais longo da partida.

Os dois tenistas alcançaram alto desempenho com pontos vencidos com o primeiro serviço. Djokovic ganhou 80% e Basilashvili alcançou 85% - perdendo assim apenas dois pontos. Em compensação, o sérvio ganhou o dobro de pontos com o segundo saque – seis a três. Menos errático, o sérvio cometeu cinco erros não forçados contra oito e disparou uma bola vencedora a mais – 12 a 11. Djokovic venceu a maioria dos ralis longos entre os dois. Em pontos disputados entre 10-15 golpes trocados, o número um venceu o dobro (6 a 3).

A última série contou com uma quebra para cada lado. Apenas uma quebra a mais no quinto game foi suficiente para Djokovic vencer por 6/4 e liquidar assim a partida em 1h59. O sérvio uma de suas grandes características durante esta parcial e alcançou a marca de 71% de pontos vencidos no retorno de segundo saque do Basilashvili.

Na semifinal do Qatar ExxonMobil Open, Djokovic enfrentará o espanhol #24 Roberto Bautista-Agut, que eliminou o #66 Stan Wawrinka por duplo 6/4, em 1h46. O sérvio lidera o confronto direto contra o espanhol por sete a um.

VAVEL Logo