Barty supera Bertens em jogo de alta qualidade e volta à decisão em Sydney
Foto: Divulgação/Sydney Tennis

Barty supera Bertens em jogo de alta qualidade e volta à decisão em Sydney

Tenistas mostraram toda sua consistência e qualidade em quadra, mas a dona da casa saiu vencedora, com parciais de 6(4)/7, 6/4 e 7/5, em 2h21

bruno-da-silva
Bruno da Silva

Como esperado, a #15 Ashleigh Barty e a #9 Kiki Bertens fizeram um grande jogo nas semifinais do WTA Premier de Sydney. Na madrugada desta sexta-feira (11), Barty confirmou o retrospecto e venceu o terceiro confronto em três contra a holandesa. Em partida de vários lindos pontos e ralis, a atual vice-campeã fechou por dois sets a um, parciais de 6(4)/7, 6/4 e 7/5, em 2h21.

Muito consistentes, as tenistas fizeram um primeiro set equilibradíssimo. Em sua primeira chance para quebra, no quinto game, Bertens aproveitou, mas viu Barty igualar logo na sequência. A australiana só teve mais um break point contra e também um a favor - que também foi um set point no 12º game -, mas a holandesa salvou e a parcial foi para o tie break.

Tudo parecia tranquilo para Barty, que abriu 4-1 no game desempate, mas Bertens subiu o nível e venceu os últimos seis pontos para vencer o set. Com um ace, seu nono na parcial, fechou 7/6(4), em 56 minutos.

Bertens só cedeu um break point em todo o set, mas foi o suficiente para a vitória de Barty. Em mais uma parcial de alto nível e pontos espetaculares e intensos, a australiana superou um momento de instabilidade quando sacava em 4/3, salvando dois bps, e fechou em 6/4, após 38 minutos. A dona da casa teve um ótimo aproveitamento no primeiro serviço: 69% colocados em quadra, 86% de pontos ganhos.

A parcial final teve as duas tenistas muito firmes no saque. Bertens colocou mais o primeiro saque em quadra - 59% a 52% -, mas Barty teve melhor aproveitamento - 88% a 65%. Curiosamente, a holandesa venceu maior porcentagem nos pontos em seu segundo saque - 71%. A australiana enfrentou o primeiro break point sacando em 3/4, mas novamente salvou.

Sacando em 5/5, Bertens novamente não resistiu ao seu único momento de instabilidade na parcial, cedendo seu saque pela terceira vez em três chances para Barty.

Vencendo os seis últimos pontos da partida, a australiana fechou a grande partida com um 40-0 no game de saque: 7/5, em 47 minutos. O abraço na rede foi o reconhecimento das duas pelo grande espetáculo.

Vice-campeã do Sydney Internartional em 2018, quando perdeu a final para Kerber, Barty agora enfrenta na decisão a vencedora do confronto entre a #8 Petra Kvitova e a #33 Aliaksandra Sasnovich.

VAVEL Logo