Mladenovic anuncia a contratação do técnico Sascha Bajin, ex-treinador de Naomi Osaka
Foto: Arquivo pessoa/Kristina Mladenovic

Mladenovic anuncia a contratação do técnico Sascha Bajin, ex-treinador de Naomi Osaka

Alemão esteve ao lado da japonesa na conquista de dois Slams consecutivos, e agora é treinador da francesa, que busca redenção em uma fase ruim que vem se prologando pelos últimos meses

anaracheel
Ana Carneiro

O circuito feminino de tênis pode ter entrado em uma breve pausa nos torneios, mas nem por isso deixou de ficar agitado. A notícia do desta segunda-feira (15) veio das redes sociais da francesa #66 Kristina Mladenovic, que oficializou sua parceria com o atual portador do título de "coach do ano", o alemão Sascha Bajin.

Mladenovic vem de uma série interminável de resultados ruins - seu melhor resultado foi, coincidentemente em cima da número 1 do mundo Naomi Osaka, que havia acabado de se separar de Bajin. Em busca de resultados positivos e de um possível retorno ao top 10, Mladenovic contratou o alemã para integrar sua equipe - até então liderada por sua mãe, Dzenita Mladenovic.

O anúncio foi feito pelas redes sociais da francesa e dizia: "Estou muito animada para anunciar minha parceria com Sascha Bajin. Bem vindo ao time, treinador".

Bajin fez uma parceria perfeita com Osaka - juntos venceram o torneio de Indian Wells, Us Open ('018) e Australian Open ('019), além disso, juntos subiram ao topo do ranking - lugar que até hoje é ocupado pela japonesa. Uma vez rompido o contrato com Osaka, era questão de tempo para que o treinador voltasse a treinar alguém. Mladenovic foi a felizarda. 

Sascha e Osaka tinham o comprometimento psicológico. O treinador inúmeras vezes era chamado em quadra apenas para dar apoio moral e palavras de apoio, sem oferecer muito sobre tática em si. Com Mladenovic, o alemão deve entrar em quadra para fazer a mesma coisa - porém talvez de forma mais sútil. 

A contratação vem em boa hora para a francesa, que logo menos tem o segundo Grand Slam do ano para disputar, o Aberto da França, onde além de tudo, tem a vantagem de ser dona de casa. Além disso, a surface de terra batida faz bem ao jogo da em top 10. Com os aspectos listados, não é difícil de imaginar uma melhora no nível de jogo oferecido pela jovem. 

Mladenovic entra em quadra para os jogos da Fed Cup já no próximo final de semana. Sua seleção, a França enfrenta a Romênia de Simona Halep. Depois do compromisso com a federação, Kristina entrará em quadra para o WTA de Istambul.

VAVEL Logo