"Precisei abandonar o tênis para amadurecer", diz Barty após conquistar primeiro Slam
Foto: Divulgação/WTA

"Precisei abandonar o tênis para amadurecer", diz Barty após conquistar primeiro Slam

Primeira conferência de imprensa da australiana após triunfo envolveu sua comemoração pós-título, seus sentimentos e o período em que se retirou do tênis profissional

henrique
Gabriel Matos

Na manhã deste sábado (8), a australiana #8 Ashleigh Barty, de apenas 23 anos, conquistou seu primeiro título de Slam em Roland Garros, realizado na França, ao bater a jovem tcheca de 19 anos, a #38 Marketa Vondrousova, em sets diretos com parciais de 6/1 e 6/3, em pouco mais de uma hora de confronto. Em entrevista após o feito, ela destacou sua satisfação em relação à vitória e o trabalho que tem sido feito nos últimos três anos.

"Acho que, para nós, é uma comemoração não só pelas duas semanas, mas pelos dois ou três últimos anos com meu time. Eu tenho um grupo extraordinário comigo, e isso é só um resultado de todo o trabalho que temos feito, e ainda estou sem palavras pra descrever o dia", disse a australiana, que, logo em seguida, foi perguntada se a ficha já havia caído em relação ao título. "Não, definitivamente. É memorável, agora ainda é muita coisa para processar. Com todo o trabalho que fizemos, e agora que estamos aqui, é incrível", admitiu.

Barty domina Vondrousova, conquista Roland Garros e assume vice-liderança do ranking da WTA

Sua última pergunta foi em relação à pausa que fez após o US Open em 2014, no qual era top 40 em duplas. Lá, ela disse que precisava abandonar o tênis por um tempo para ter uma vida normal e experiências comuns devido a sua idade.

"Precisei de tempo para crescer como uma pessoa e amadurecer. Deixei minhas opções em aberto e voltar para o tênis foi uma progressão natural na minha vida", comentou Barty. "Eu ainda estava envolvida com o tênis todos os dias. O que me fez voltar foi a saudade da competitividade, do um contra um, das dificuldades e as emoções que se consegue vencendo e perdendo. É uma experiência única que só se consegue jogando competitivamente e tentando fazer aquilo que ninguém pensa em fazer"

Barty volta às quadras na próxima semana pelo WTA Premier de Birmingham, no Reino Unido, que se inicia em 17 de junho. Com a conquista do Aberto da França, a australiana sobe para a segunda posição do ranking da WTA.

VAVEL Logo