ITF anuncia mudanças e Fed Cup vai seguir padrão da Copa
Davis
Foto: Divulgação/WTA

A ITF (Federação Internacional de Tênis) anunciou uma reformulação na Fed Cup, competição em que as tenistas da WTA jogam pelo seu país. O novo formato será parecido com o da Copa Davis: mais curto e com menor intervalo entre os duelos.

O torneio será disputado em apenas uma semana, tanto nos playoffs quanto na fase final, e em sede única. A primeira fase ocorrerá sempre em fevereiro, e a parte decisiva em abril. Um período pequeno, que deve diminuir o impacto da competição na temporada das tenistas.

Serão 12 equipes na fase final em busca do título e do prêmio de 18 milhões de dólares - nenhum torneio feminino tem um valor maior. Elas serão divididas em quatro grupos de três cada, e a melhor de cada chave avança às semifinais.

Para a edição de 2020, França, Austrália (finalista de 2019) e Hungria (anfitriã) estão garantidas na fase final, assim como um time convidado ainda a designar. O Brasil está garantido nos playoffs que acontecem entre 7 e 8 de fevereiro, ao lado de equipes como Estados Unidos, Alemanha, Grã-Bretanha, Espanha, Rússia e Suíça. O ‘mata-mata’ terá 16 seleções, disputando oito vagas.

Do ano que vem até 2020, o torneio acontecerá em Budapeste, na Hungria.

VAVEL Logo