Karatsev acaba com empolgação de Murray e fatura ATP 250 de Sydney
Foto: Divulgação/ATP

A final do ATP 250 de Sidney, neste sábado (15), marcou o duelo inédito entre o russo #20 Aslan Karatsev e #135 Andy Murray, britânico e ex-número 1 do mundo. Com muita firmeza e agressividade em suas bolas, Karatsev, principal cabeça de chave do torneio, se manteve seguro durante toda a partida, o que o permitiu fazer 6/3 e 6/3 e levar o troféu sem sofrer maiores sustos.

Perdendo apenas incríveis dois pontos quando sacou no primeiro set, Karatsev contou com 92% de aproveitamento em primeiro serviço, não sofreu break points e com duas quebras no primeiro e nono games, fez 6/3 para fechar o primeiro set.

A segunda parcial foi quase uma releitura da primeira. Karatsev se manteve agressivo e conseguiu a quebra ainda no segundo game, que o possibilitou abrir 3/0 rapidamente, Murray teve a oportunidade de igualar o set no quinto game, desperdiçou quatro break points e viu o russo seguir firme para fazer um novo 6/3 e garantir o troféu.

"Então, começar o ano com o título e eu [posso] chegar a Melbourne já vencendo partidas, um torneio, com certeza está me dando alguma confiança", disse o russo após a partida.

O que vem por aí

O russo de 28 anos agora tem um grande desafio pela frente, defender o posto de semifinalista do Australian Open, posição conquistada em 2021 após vir do qualifying, feito esse inédito até então na ATP na era aberta. Com o título do Sydney Tennis Classic,, ele vai subir para o 15º lugar no ranking da ATP, sua melhor marca na carreira.

Já Murray, que voltou à uma decisão pela primeira vez desde 2019, tem seu retorno ao top 100 adiado.

VAVEL Logo