Kasatkina vira contra Rogers, conquista o título em San Jose e garante retorno ao top 10
Foto: Divulação/WTA

A #12 Daria Kasatkina faturou neste domingo (7) o título do WTA 500 de San Jose, nos Estados Unidos. A russa, que foi vice-campeã do torneio no ano passado, desta vez derrotou a #45 Shelby Rogers de virada na grande decisão. O placar final foi de 2 a 1, com parciais de 6/7(2), 6/1 e 6/2.

No primeiro set, a vencedora chegou a sacar para garantir a parcial e não ceder etapas no jogo, mas foi quebrada de volta. Rogers venceu depois no tie-break e garantiu a liderança inicial.

Kasatkina se recuperou então no jogo depois disso, com consciência, mais regularidade e escolhendo melhor os seus golpes. Apesar das nove duplas faltas anotadas, ela teve 75% de sucesso com o primeiro serviço contra 54% da oponente.

Na segunda etapa, a russa quase conseguiu um pneu, com seis dos sete games vencidos, incluindo dois no saque da outra. O cenário de quebras foi o mesmo a seu favor no terceiro set, com duas, e ela fechou a partida sem sequer ceder break points após a parcial inicial.

Retorno ao top 10

Com essa conquista, Daria Kasatkina, terceira tenista com mais vitórias em 2022, atrás de Swiatek e Jabeur, retornará ao top 10 do ranking da WTA na próxima atualização (segunda, dia 8).

Essa foi a segunda final seguida para ela em San Jose, depois de perder para Danielle Collins no ano passado. Desta vez, ela levantou o troféu, sendo o quinto de sua carreira no total, enquanto Rogers perdeu a terceira final em três disputadas até hoje, a primeira desde 2016.

VAVEL Logo