Aos 19 anos e quatro meses, o atual #3 Carlos Alcaraz vai se tornar o líder de ranking mais jovem da história da ATP Tour. Ele conseguiu o feito juntamente com o maior título de sua carreira, o primeiro Major dentre os seis títulos, cinco em 2022, de sua curta carreira. Na final do US Open 2022, ele fez 3 sets a 1 sobre o #5 Casper Ruud, parciais de 6/4, 2/6, 7/6 e 6/3, neste domingo (11).

Além do feito de ser o número 1 mais jovem do circuito, Alcaraz contou com três partidas em cinco sets e 23h39 em quadra durante as duas semanas de torneio - nunca antes um tenista precisou jogar tanto para conquistar um Major. Esta foi a segunda final entre o espanhol e o norueguês em 2022, e a segunda vitória do jovem de 19 anos - a outra foi no Masters 1000 de Miami.

Conquista histórica

O jogo, além da expectativa de título inédito de Slam para ambos, valia a liderança do ranking mundial. Alcaraz teve dificuldades em ser constante e manter um nível constante em todo o confronto. Após vencer o primeiro set, cedeu a segunda parcial a Ruud e precisou virar para forçar tiebreak no terceiro set, mas jogou um exímio tênis no desempate, fazendo 7-1. Na quarta parcial, o jovem de 19 anos manteve o alto nível para poder fechar o jogo com 6/3 no último set e confirmar o troféu.

É algo com que eu sonho desde que eu era criança. Ser o número 1 no mundo, ser campeão de um Grand Slam, eu trabalhei muito, muito duro", disse Alcaraz durante a cerimônia do troféu. “É difícil falar agora, tenho muitas emoções. Isso é algo que eu tentei alcançar. Todo o trabalho duro que fiz com minha equipe e minha família. Tenho apenas 19 anos, todas as decisões difíceis foram com meus pais e minha equipe também. É realmente especial para mim".

Melhores momentos Alcaraz x Ruud

VAVEL Logo
Sobre o autor