Campinas derrota São Judas Voleibol em casa e permanece na liderança da Superliga
O Campinas venceu o São Judas Voleibol por 3 sets a 0 na abertura da Superliga (Foto: Divulgação/Vôlei Renata)

Campinas derrota São Judas Voleibol em casa e permanece na liderança da Superliga

Após vencer o Cruzeiro, primeiro colocado da competição nacional passou sem dificuldades pelo estreante da temporada

juliana
Juliana Cristina

O Campinas recebeu o São Judas Voleibol neste sábado (27), no ginásio do Taquaral, em São Paulo, pela abertura da Superliga Masculina 2018/19, e permanece na liderança da competição nacional, tendo um jogo a mais. A equipe campinense venceu o time estreante por 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/21 e 25/22. O central Michel levou o troféu Viva Vôlei.

Na próxima rodada, o Campinas enfrenta o Minas, no dia 5 de novembro, na Arena Minas. Já o São Judas pega o Vôlei Um Itapetininga no próximo sábado (3), no ginásio Ayrton Senna, em São Paulo.

Resumo da partida

Como esperado, o Campinas começou melhor o jogo. No primeiro set, o time de azul manteve boa frente no placar: 15/11.  Após um ponto do central Luizinho, a vitória na primeira parcial estava sendo encaminhada: 18/14.

Com um erro do São Judas, a distância só aumentava: 23/15.  Ainda no saque de Luizinho, o Campinas chegou ao set point: 24/15. Na sequência, o central fez um ace e terminou com a etapa: 25 a 15.

Na segunda parcial, o São Judas melhorou em quadra, e conseguiu ficar logo no início com uma frente de um ponto: 8/7. No entanto, rapidamente, o Campinas reagiu e virou: 10/8. Depois, foi a vez do estreante da Superliga voltar a ficar com a vantagem: 11/10.

Após uma pipe de Bruno Temponi, o time de azul voltou a abrir: 15/12. No ponto de Vaccari, a equipe da casa estava encaminhando também a segunda etapa: 23/19. Com um saque para fora do São Judas, o Campinas fechou o set: 25 a 21.

Na etapa decisiva, os donos da casa continuaram com a boa forma. O oposto Dani pontuou e abriu três de frente: 6/3. Também com ele, o Campinas manteve a vantagem: 15/12. Na sequência, Luizinho aumentou a distância no placar: 16/12.

No contra-ataque, Vini pontuou: 21/17, o que colocou os campinenses próximos da vitória na partida. O São Judas ainda encostou após um ponto de Pedrinho: 22/21. Porém, com Bruno Temponi, o Campinas chegou ao set point: 24/22. Na sequência, Dani fechou o jogo: 25 a 22.

VAVEL Logo