Barcelona conta com vantagem em decisão da Supercopa da Espanha contra Sevilla

A Espanha irá conhecer nesta quarta-feira (17) o primeiro campeão nacional da temporada. Barcelona e Sevilla disputam o jogo de volta da grande decisão da Supercopa da Espanha, no Camp Nou. No último domingo (14), os catalães não tomaram conhecimento dos donos da casa e garantiram a ótima vantagem na decisão já no segundo tempo, com gols de Luis Suárez e Munir.

Entre altos e baixos nos amistosos preparatórios, o Barcelona superou as expectativas na primeira grande decisão desta nova temporada. Com algumas mudanças em relação a equipe que venceu a Liga e a Copa da Espanha há poucos meses atrás, os catalães oscilaram bastante na partida de ida realizada no Ramon Sánchez Pizjuán. Contudo, a eficiência do artilheiro da última temporada, Luis Suárez na etapa complementar foi determinante para a equipe de Luis Enrique aproveitar os contra-ataques e praticamente decidir o futuro da decisão.

Se o elenco catalão tinha algumas alterações se comparado ao da última temporada, o mesmo pode se dizer do Sevilla. Aliás, as mudanças no rojiblanco começava já no banco de reservas. Tricampeão da Uefa Europa League, Unai Emery deu lugar à Jorge Sampaoli, campeão da Copa América pelo Chile. E mesmo derrotado se complicando na decisão, o chileno fez questão de ressaltar em diversas declarações desde domingo sobre a postura de sua equipe em campo. Já que por boa parte da partida foram os sevillistas quem empurraram o rival para trás. Estreante, Luciano Vietto não conseguiu (pelo menos em sua estreia) demonstrar o mesmo faro de gol de Kevin Gameiro, hoje no Atlético de Madrid.

Luis Enrique despista sobre uma possível saída de Bravo, e diz estar focado apenas na final de amanhã

Há duas temporadas no Barcelona, o novo elenco catalão foi um dos questionamentos direcionados à Luis Enrique na coletiva que antecede a decisão da Supercopa. Para muitos, até mesmo para Enrique, ele terá em mãos o melhor plantel desde sua chega em maio de 2014.

"Afirmei isso porque é realmente o que sinto, para transmistir à meus jogadores a confiança que tenho neles. Tenho ciência que esta frase me acompanhará durante toda a temporada. Podemos ter o melhor elenco do mundo e não conquistarmos nenhum título, é algo que acontece", declarou o comandante.

Ainda sobre o elenco, Luis Enrique falou sobre a situação dos goleiros da equipe catalã. Mais precisamente, comentou sobre os fortes rumores de uma possível saída do arqueiro Claudio Bravo. Segundo o Diário Sport, o Barcelona já teria aceitado a proposta do Manchester City para contar com o futebol do chileno. A investida inglesa seria de aproximandamente €25 milhões.

"Prefiro ter três goleiros em meu plantel, mas temos que ver toda a situação. Acredito que o ideal seria ter três goleiros na equipe principal. Sobre Bravo, não me interesso e não comentou sobre rumores, me interessa apenas a final da Supercopa", concluiu.

Bravo deve ser anunciado pelo City nos próximos dias (Foto: Divulgação/ Jason Szenes)

Sampaoli confirma a possibilidade de mudanças entre os titulares, mas confirma um Sevilla ofensivo

Claramente não foi a estreia dos sonhos para Jorge Sampaoli, porém, o chileno parece ter gostado da postura de sua equipe nesta primeira partida como comandante. Ele ainda afirmou que o estilo ofensivo, característico em todas as equipes da Sampaoli, irá permanecer mesmo atuando no Camp Nou.

"É certo que teremos problemas na defesa, mas ninguém irá tirar nossa fé que é possível vencer o Barcelona para sermos campeões no Camp Nou. Vai o momento de Diego González na defesa, e quem sabe com isto podemos descobrir outros talentos da nossa base. Vamos fazer alguns exames hoje, mas a probabilidade é enorme de termos um garoto da base amanhã", afirmou Jorge.

"Vamos enfrentar a equipe mais poderosa do mundo na casa deles, mas temos que estar seguros de que podemos enfrentá-los de igual para igual. A ideia é mudar algumas coisas, o primeiro jogo foi bastante intenso, e devemos ter a entrada de alguns jogadores. Sabemos da dificuldade e todo o cenário favorece à eles, mas ainda temos uma possibilidade", ressaltou.

"Disse desde o momento que cheguei, e quero que se recordem, não fui contratado para ganhar, mas sim, pelo meu estilo de buscar a vitória. Já demonstrei em outros momentos de minha carreira que este pode ser o caminho", finalizou.

Sampaoli conquistará seu primeiro título no comando rojiblanco nesta quarta? (Foto: Aitor Alcalde/ Getty Images)
VAVEL Logo