Com saída iminente de Kalinic, Fiorentina fecha com Giovanni Simeone, ex-Genoa

Continuando seu processo de reconstrução para a temporada 2017-18, a Fiorentina anunciou a contratação do atacante Giovanni Simeone, ex-Genoa. O argentino de 22 anos marcou 12 gols na última edição da Serie A, sua primeira fora do país natal. O filho de Diego Simeone, técnico do Atlético de Madrid, custou cerca de € 20 mi ao time de Florença.

Cria das categorias de base pelo River Plate, Simeone estreou como profissional em 2013 e ficou no clube até 2015, onde marcou quatro gols. Após esse período, foi emprestado ao Banfield, onde disputou duas edições do Campeonato Argentino e marcou 12 gols em 34 jogos. Em julho do ano passado, foi vendido pelo River para o Genoa por € 3 mi.

Na Itália, potencializou sua capacidade de marcar gols e foi o artilheiro da Serie A 2016-17 entre jogadores sub-22, com 12 tentos marcados: dois em vitória do seu time sobre a Juventus por 3 a 1, além de outros dois marcados em empate dos grifone contra a Fiorentina por 3 a 3, em Florença.

Simeone, que já abriu sua contagem na temporada 2017-18 - marcou na vitória do Genoa sobre o Cesena pela Copa da Itália -, será o substituto do croata Nikola Kalinic, que está de saída da Viola para o Milan. O atacante de 29 anos marcou 15 gols na última edição da Serie A e deve custar cerca de € 25 mi aos cofres do time de Milão.

Nesta semana, a Fiorentina já havia anunciado o atacante português Gil Dias, emprestado pelo Monaco, e o lateral-esquerdo Cristiano Biraghi, ex-Pescara. Nos próximos dias, o clube também deve fechar com o zagueiro argentio Germán Pezzella, do Bétis. A Viola estreia na Serie A no próximo domingo (20), contra a Internazionale, fora de casa, às 15h45.

VAVEL Logo