Atletico de Madrid goleia Lokomotiv Moscou e encaminha classificação as quartas da UEL

Atletico de Madrid goleia Lokomotiv Moscou e encaminha classificação as quartas da UEL

Dominantes durante os noventa minutos, colchoneros abrem boa vantagem para confronto da volta, em Moscou

bruno-bezerra
Bruno Bezerra
Atletico de MadridWERNER; JUANFRAN, GIMÉNEZ, LUCAS HERNÁNDEZ, FILIPE LUÍS; SAÚL, KOKE, PARTEY, CORREA(FERNANDO TORRES MIN.74); GRIEZMANN (VITOLO MIN.67), DIEGO COSTA (GAMEIRO MIN.74). TÉCNICO: DIEGO SIMEONE
Lokomotiv MoscouGUILHERME; KVIRKVELIA, CORLUKA, PEJCINOVIC; IGNATYEV (LYSOV MIN.54), DENISOV, MANUEL FERNANDES, RYBUS; ANTON MYRANCHUK(KOLOMEYTSEV MIN.71), ALEKSEY MIRANCHUK; ÉDER. TÉCNICO: YURI SEMIN
Placar1-0 min.22, Saúl, 2-0 min.47 Diego Costa, 3-0 min.88 Koke
ÁRBITROJAKOB KEHLET, AUXILIADO POR LARS HUMMELGAARD E HEINE SØRENSEN (DIN). Cartões Amarelos: Aleksei Miranchuk (min.34), Correa (min.66), Saúl (min.84)
INCIDENCIASPartida válida pelas oitavas de final da Uefa Europa League, temporada 2017/18, disputada no Estádio Wanda Metropolitano, em Madrid

O duelo de ida entre Atletico de Madrid e Lokomotiv Moscou era bastante aguardado na fase de oitavas de final da Uefa Europa League. Apesar do favoritismo da equipe espanhola, o time russo chegou com boas credenciais após vencer com facilidade o Nice na fase de 16 avos de final. Porém, o que se viu em campo foi um Atleti dominante e que construiu com facilidade o placar de 3 a 0, abrindo boa vantagem para o jogo de volta, em Moscou. 

Com desfalques importantes, Simeone soube armar seu time com o que possuía de melhor. O goleiro argentino Axel Werner, finalmente fez sua estreia com a camisa colchonera, devido a ausência do lesionado Oblak e devido a venda de Moyá a Real Sociedad. Nos primeiros minutos, os visitantes, que chegaram a campo com uma postura de se fechar e buscar o contra ataque e obrigavam o time espanhol a errar muitos passes, além de não conseguir criar no meio campo. 

Porém, o jogo mudou quando Saúl fez ótima jogada individual aos 22 minutos e vendo seus companheiros marcados, chutou sem chances para Guilherme. O placar estava aberto em Madrid e poderia ser ampliado, após duas falhas do goleiro russo-brasileiro. O time russo deu apenas um chute a gol no primeiro tempo, enquanto os donos da casa buscavam as melhores jogadas pelas laterais e com seus meio campistas, que estavam muito bem marcados. 

Na segunda etapa, um gol logo aos 2 minutos acabou de vez com as esperanças do Lokomotiv em reagir. Saúl acertou belo cruzamento para Griezmann, que chutou para linda defesa de Guilherme. No rebote, Diego Costa só teve o trabalho de mandar a bola para o fundo das redes, ampliando o placar. 

O Atleti seguia melhor em campo. Os russos perderiam Ignatyev, lesionado após choque com Saúl. Aos 54, Diego Costa chutou e Corluka cortou com o braço dentro da área, mas a arbitragem não apitou o pênalti. O jogo seguia extremamente favorável aos donos da casa. 

Buscando um gol para tentar diminuir a desvantagem, o Lokomotiv se abriu para o ataque, mas não foi uma decisão muito interessante. Aos 43, em rápido contra ataque, Juanfran encontrou Koke, que chutou sem chances para Guilherme. O terceiro gol fechou o placar e as esperanças do time russo em tentar diminuir a desvantagem. 

As equipes voltam os focos para seus campeonatos nacionais. Vice líder da La Liga, o Atleti joga novamente em casa, contra o Celta de Vigo nesse domingo (11), enquanto o Lokomotiv, líder do campeonato russo, visitará o FC Ural nessa segunda feira (12). As duas equipes voltarão a se enfrentar em Moscou na próxima quinta feira (15), com o Atleti podendo perder por até 2 gols para se qualificar às  quartas de final. 

VAVEL Logo

Futebol Internacional Notícias

há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 6 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 8 dias
há 8 dias