Lichtsteiner aprova amistosos da Suíça contra Grécia e Panamá: "Dar mais um passo à frente"

Classificada à quarta Copa do Mundo consecutiva, a Suíça encerrou as Eliminatórias com apenas uma derrota, mostrando motivação para o Mundial da Rússia. No Grupo E ao lado de Brasil, Costa Rica e Sérvia, tem como objetivo chegar às quartas de final, uma vez que chegou até as oitavas em duas das últimas três participações.

Defendendo a camisa helvética desde 2006, acumulando 94 partidas, o lateral-direito Lichtsteiner reconhece que os amistosos contra Grécia e Panamá vão ser para testar o ritmo de jogo. De acordo com o atleta, boa parte dos convocados aos confrontos ainda tem duelos decisivos nos respectivos nacionais, dando mais pressão por bons resultados.

"É dar mais um passo à frente, melhorando ainda mais. Todos estão sob alta pressão no clube. Isso tudo por conta do aperto de fevereiro a maio, pois alguns jogando por troféus, outros contra o rebaixamento. Isso, porém, não significa que não vamos ter dois bons jogos, mesmo a qualidade sendo ótima", afirmou.

Atleta atua na Juventus, que segue na disputa por Champions e Serie A (Foto: Julian Finney/Getty Images)
Jogador defende a Juventus, que segue na disputa por Champions e Serie A (Foto: Julian Finney/Getty Images)

Ainda assim, o jogador reconhece a qualidade do seus companheiros e espera poder ajudar ao ser acionado, mesmo titular absoluto no setor. Aos 34 anos, não cogita pensar em aposentadoria, destacando a parte física e motivação como fundamentais para continuar jogando, apesar da temporada estar próxima do fim.

"O trabalho em equipe é muito melhor do que era há dois anos, mas a prioridade é para a equipe e tudo mais vem como deveria. Vou escutar meu corpo, mas agora está tudo bem, tanto a condição física, quanto a motivação, por isso eu não sei porque deveria parar. Os próximos dois ou três meses serão muito interessantes, pois terei que tomar algumas decisões importantes", encerrou.

O selecionado suíço encara os gregos nessa sexta-feira (23), às 15h (de Brasília), no Olímpico de Atenas. Já diante dos panamenhos vai ser em Luzern já nessa terça-feira (27), às 14h (de Brasília), na Swissporarena. A possível escalação montada por Petkovic é no 4-1-4-1 com: Sommer; Lichtsteiner, Schär, Djourou e Ricardo Rodríguez; Dzemaili; Freuler, Xhaka, Drmic e Behrami; Seferovic.

VAVEL Logo