Antes de encarar o Brasil, Berizzo ignora números paraguaios: "Não garantem nada"
Foto: Divulgação / APF

Depois de se classificar graças ao empate de 1 a 1 na última rodada entre Equador e Japão, a seleção paraguaia é a única das oito que ainda brigam pelo título que não venceu. Com dois empates e uma derrota, a albirroja encara o Brasil às 21h30 desta quinta-feira (27), na Arena do Grêmio, em Porto Alegre.

Na coletiva às vésperas do jogo decisivo, o treinador Eduardo Berizzo disse que não leva em conta os números de sua seleção até aqui.

"O que faço com os números? Não olho. As estatísticas não garantem nada, nem a favor e nem contra. É teoria."

Com bom retrospecto recente diante dos brasileiros nas últimas Copas América, eliminando o Brasil nas quartas de 2011 e 2015, os paraguaios têm a chance de repetir o que aconteceu em 2011, quando chegaram à final sem vencer — na decisão, o Uruguai foi campeão.

Nesta edição da competição continental, o Paraguai ficou no 2 a 2 com o Catar e no 1 a 1 diante da Argentina, além da derrota por 1 a 0 para a Colômbia. Contudo, Berizzo falou a favor sobre o desempenho paraguaio no Grupo B.

"Nosso grupo tinha duas seleções que poderiam ter nos eliminado. E contra o Qatar, poderíamos ter vencido, mas era o campeão asiático (o Paraguai abriu 2 a 0 e cedeu o empate)."

Vale lembrar que o vencedor do duelo entre Brasil e Paraguai enfrenta o classificado do jogo Argentina e Venezuela.

VAVEL Logo