Lautaro Martínez, peça-chave de uma boa atuação argentina
Foto: Divulgação / AFA

A Argentina venceu a Venezuela nesta sexta-feira (28) por 2 a 0, no Maracanã, com gols de Lautaro Martínez e Lo Celso, em jogo decisivo pelas quartas de final da Copa América. Após críticas ao estilo de jogo e o desempenho da equipe, o técnico Lionel Scaloni apresentou uma equipe que leva perigo, mas sempre mantendo a cautela. A primeira etapa do mata-mata para os argentinos foi diferente.

Se a Argentina tinha o domínio da partida desde o começo, abrir o placar  aos 10 minutos de jogo fez com que a a pressão aumentasse ainda mais para cima dos venezuelanos, que não conseguiam reagir, diferente dos jogos passados onde mostrou uma boa atuação. A Argentina mostrou uma postura diferente, organizada.

Lautaro Martínez integrou o time titular a partir do segundo jogo da competição, no empate contra o Paraguai. Desde então, vem sendo uma peça fundamental para o ataque e participando de jogadas. Lionel Messi teve uma atuação "apagada" na partida, mas é essencial para o time.

No segundo tempo foi diferente. A equipe branca e azul segurou o pé  mantendo-se forte na defesa, tentando segurar a vantagem, como se estivesse acomodada com o placar. Isso fez com que o time rival partisse para o ataque em busca do empate. Porém, sem sucesso. Próximo do final da etapa, a falha do goleiro Fariñez carimbou a classificação dos hermanos. 

O jogo contra o Brasil pela semifinal da Copa América acontece na terça-feira (02), às 21h30, no Mineirão

VAVEL Logo