Lucas Moura não esconde desejo de voltar à Seleção: "Esperança é a última que morre"
Foto: Reprodução/Uefa

Após fechar a temporada 2018-19 no ápice com o Tottenham, Lucas Moura tornou a sonhar com a Seleção Brasileira, na tarde desta quarta-feira (18). O brasileiro fez o segundo gol londrino contra o Olympiacos, na Grécia, pela primeira rodada da Liga dos Campeões. O resultado final foi o empate em 2 a 2, porém o saldo foi positivo individualmente para o brasileiro.

Vendo o sonho de jogar a Copa América sendo descartado por Tite, o atacante ainda mantém o objetivo de voltar ao time nacional do Brasil. Em entrevista ao Esporte Interativo depois do jogo, Lucas não escondeu o desejo de ser chamado para a Seleção — lista será divulgada na sexta-feira (20).

"A esperança é a última que morre. A gente tem que ter esperança, tem que acreditar sempre. Sempre falo que a Seleção é um privilégio vestir aquela camisa e representar minha nação. Sei o quanto é difícil, sei a concorrência que tem, vestir a camisa da Seleção. Mas eu tenho que fazer o meu trabalho. Tenho que fazer minha parte aqui. É o clube que me abriu as portas, que me deu a oportunidade de jogar na Premier League, de continuar jogando na Champions League, e é um lugar que sou muito feliz."

Mesmo que a convocação para os amistosos contra Senegal e Nigéria dias 10 e 13 de outubro não aconteça, ele se diz focado no Tottenham.

"Então, primeiramente, tenho que pensar em fazer meu papel aqui, conquistar meu espaço. E a Seleção a gente que acreditar sempre, se vier vai ser, com certeza muito bem-vinda, vou dar o meu melhor. E se não vier vou continuar trabalhando."

Agora, com boas atuações desde o fim da temporada passada, Lucas Moura tem a concorrência de David Neres, Vinícius Jr, Bruno Henrique e Éverton Cebolinha, por exemplo.

VAVEL Logo