Luis Castro admite que goleada 'ficará marcada', mas destaca campanha do Shakhtar na Liga Europa
Foto: Divulgação / Shakhtar Donetsk

O campeão da temporada 2019-20 da Europa League sai do confronto entre Sevilla e Inter de Milão. Nesta segunda-feira (17), o Shakhtar Donetsk e sua legião de brasileiros não conseguiu resistir ao poder ofensivo dos italianos e, cometendo muitos erros, acabou sofrendo 5 a 0 na semifinal, em Düsseldorf, na Alemanha.

"Esse jogo ficará marcado, mas não podemos esquecer da nossa trajetória até aqui, lutamos e chegamos à semifinal graças à nossa capacidade. Tivemos um dia ruim, assumo a total responsabilidade pela derrota. Sofremos pressão da Inter e não conseguimos mostrar nosso jogo ofensivo", resumiu Luis Castro, técnico do atual campeão ucraniano.

O treinador português citou as chances perdidas, mas admitiu que o segundo gol aos 19 minutos da etapa final abalou a equipe psicologicamente. "Encontramos dificuldade para empatar o jogo, tivemos uma chance no primeiro tempo com o Marcos Antonio e outra no segundo com o Junior Moraes, mas infelizmente eles não conseguiram marcar. Depois que sofremos o segundo gol a nossa equipe não conseguiu reagir, daí pra frente virou uma bola de neve".

"Agora precisamos analisar a partida, entender quais foram nossos erros, corrigi-los e olhar para frente", finalizou.

O Shakhtar estreia na nova temporada do Campeonato Ucraniano já nesta sexta-feira (21) contra o Kolos, às 13h, em Kharkiv.

VAVEL Logo