Marquinhos
lamenta perda da Champions, mas garante: "Estou orgulhoso da trajetória"
Foto: Divulgação/UEFA

O PSG saiu derrotado na grande final da Champions League neste domingo (23). Vitória do Bayern de Munique por 1 a 0, gol de Coman, e o sexto título da competição para o time alemão.

A decisão, além de ser a primeira final de Liga dos Campeões para a equipe francesa, era também a despedida do zagueiro e capitão brasileiro Thiago Silva após oito anos. Marquinhos, que tanto formou dupla de zaga com Thiago no clube, falou sobre sua admiração profissional e pessoal pelo companheiro e lamentou que a última partida não tenha sido com o título.

Queria que ele pudesse levantar essa taça por nós, ele merece, por tudo o que fez pela gente. Esse clube cresceu muito, e ele faz muito parte dessa história. Seria muito bom vê-lo coroado, pela trajetória que fez, mas infelizmente não deu certo. Foram sete anos de parceria e cumplicidade. Ele é meu ídolo, desde criança já admirava muito. É um ídolo, um parceiro, um grande amigo. Tirei muitas lições dessa parceria”.

Marquinhos também afirmou estar orgulhoso de sua equipe e de onde ela chegou, apesar da frustração pelo resultado final.

A gente queria fazer história, e fizemos uma linda história na competição, na medida do possível. Temos que sonhar alto e querer mais, sempre queremos mais. Estou orgulhoso da trajetória, por termos chegado até aqui, mas frustrado pelo jogo, por não ter vencido. No fundo, estamos muito orgulhosos. É um projeto de um time muito novo. Estamos jogando contra equipes estruturadas, prontas para esse tipo de competição. Estamos crescendo, tentando amadurecer e ganhar respeito".

O próximo compromisso do PSG é pela primeira rodada do Campeonato Francês fora de casa contra o Lens no próximo sábado (29) às 16h.

VAVEL Logo