Sevilla tem gol anulado, mas vence Levante e segue 100% no Espanhol
Foto: Divulgação/Sevilla FC

Atual campeão da Europa League, o Sevilla conquistou a segunda vitória consecutiva no Campeonato Espanhol ao superar o Levante nesta quinta-feira (1º) no Estádio Ramón Sánchez-Pizjuán.

A estreia do Sevilla na temporada foi com derrota na Supercopa da UEFA para o Bayern de Munique, levando gol na prorrogação. Desde então foram duas vitórias, sendo a primeira um 3 a 1 diante do Cádiz fora de casa. 

Para minimizar o desgaste físico típico do início de temporada, o técnico Julen Lopetegui escalou uma equipe diferente contra o Levante. Um dos que ganhou oportunidade foi justamente De Jong, que finalizou duas vezes na partida, mas não conseguiu balançar a rede. 

O primeiro tempo foi equilibrado e o Sevilla quase abriu o placar com Lucas Ocampos, que aproveitou um erro na saída de bola de Vuksevic logo aos quatro minutos para criar a primeira chance do jogo, mas o chute saiu à esquerda do gol. Rakitic também arriscou, mas a bola subiu demais. No final do primeiro tempo foi a vez do brasileiro Diego Carlos se atrapalhar quando saiu jogando e a bola sobrou para Morales, que também errou o alvo.

Uma das novidades na escalação, Munir chegou a balançar a rede, mas o gol foi anulado após checagem do VAR.

Ambos os técnicos mexeram apenas na etapa final. Lopetegui deixou a equipe mais ofensiva, chegando a recuar o meio-campista brasileiro Fernando para a zaga e colocando o meia Oliver Torres como volante. 

Enquanto isso, o Levante se fechou, como se estivesse satisfeito com o empate fora de casa, e montou uma defesa com linha de cinco atrás. A estratégia estava dando certo até Navas acionar Youssef En-Nesyri dentro da área.

O marroquino jogou apenas 19 minutos, substituindo o holandês Luuk De Jong, e cabeceou no canto para manter os 100% do Sevilla no Campeonato Espanhol. 

Com pouco tempo para comemorar, o Sevilla vai à Catalunha na próxima rodada. No domingo (4), a equipe encara o Barcelona em pleno Camp Nou, no reencontro de Ivan Rakitic com o ex-clube.

VAVEL Logo