Cristiano Ronaldo marca dois e Juventus triunfa sobre Barcelona no Camp Nou
Barcelona 0 a 3 Juventus (UEFA/Divulgação)

O duelo de dois clubes gigantes é sempre uma atração à parte em grandes competições. Tal situação aconteceu nesta terça-feira (08), no Camp Nou. A fase de grupos da Chave G terminou com nada mais, nada menos que Barcelona x Juventus. Ou melhor: com um show juventino na Catalunha. Com direito a dois gols de uma das estrelas da festa, a sexta rodada do grupo viu, também, uma inversão na liderança.

Os 3 a 0 da Vecchia Signora deram a liderança para a Juventus, fazendo-a ultrapassar o Barcelona. O 3-5-2 de Andrea Pirlo foi inferior em boa parte das estatísticas, mas conquistou com tranquilidade a vitória ante o 4-2-3-1 de Ronald Koeman. Os culés tiveram mais posse de bola (58%), finalizações totais (vinte a oito) e chutes certos (sete a quatro). 

Começo arrasador

Logo aos nove minutos, Cristiano Ronaldo passou com velocidade pelo lado esquerdo e foi derrubado já na área por Ronald Araújo. O árbitro marcou pênalti e CR7 cobrou forte, no meio do gol, enquanto Marc-André ter Stegen caiu no canto esquerdo. Aos 20, a Juventus dobrou a vantagem. O português, novamente, começou a jogada e serviu Weston McKennie na faixa central. O norte-americano abriu com Juan Cuadrado, que cruzou na medida para o companheiro finalizar em lindo voleio. 

(Tentando) recuperar o prumo

Aos 22 minutos, Lionel Messi recebeu na faixa central e chutou no canto direito, rasteiro. Gianluigi Buffon fez linda defesa. A Pulga, mais uma vez, incomodou nos acréscimos da primeira etapa. Ele adentrou a área e caiu após contato com McKennie. Enquanto os culés pedem pênalti, o árbitro nada marcou.

A Juventus, no começo da segunda etapa, voltou a mandar na peleja. Aos quatro minutos, após reclamação de pênalti após suposta mão na bola de Clément Lenglet, McKennie serviu Aaron Ramsey, que chutou no canto esquerdo. Ter Stegen fez defesa espetacular. Após revisão no VAR, entretanto, o pênalti é marcado por conta do lance do zagueiro francês. O CR7, novamente, marcou - agora, chutando no lado esquerdo, deslocando o arqueiro alemão.

Com 12 minutos, Lionel Messi alçou bola na área e Antoine Griezmann cabeceou - para grande defesa de Buffon. Aos 19, após tabelinha com Frenkie de Jong (e devolução de calcanhar do holandês), o argentino chutou na esquerda e obrigou o goleiro italiano a impedir, mais uma vez, o gol do Barcelona.

A Juventus voltou a marcar aos 30 minutos, com Leonardo Bonucci escorando cruzamento na área de Cristiano Ronaldo. O zagueiro, entretanto, estava em posição irregular quando veio a redonda.  Ainda tentando uma reação, Messi tentou uma derradeira finalização aos 45 minutos da segunda etapa - para mais uma boa defesa de Buffon.

Próximos jogos

Classificados no Grupo G da UEFA Champions League 2020/2021, Barcelona e Juventus aguardam o sorteio que definirá os confrontos das oitavas de final da competição. Pelas ligas nacionais, os culés recebem o Levante no próximo domingo (13), às 17h (horário de Brasília) por LaLiga. No mesmo dia, mas às 14h, a Vecchia Signora viaja para enfrentar o Genoa pela Serie A.

Classificação fornecida por SofaScore LiveScore
VAVEL Logo