Por vaga nas quartas de final, Marrocos e Espanha enfrentam na Copa do Mundo
Foto: Divulgação / SEF

Na próxima terça-feira (6), às 12h, Marrocos e Espanha se enfrentam no Estádio Cidade da Educação, no Catar. A partida é válida pelas quartas de final da Copa do Mundo. Frente a frente, o Marrocos, visto como uma das grandes surpresas da fase de grupos, e a Espanha, cotada como favorita ao título.

Para fazer história

O Marrocos segue na busca por fazer uma história ainda mais marcante no Catar. A seleção, que de maneira inesperada por muitos se classificou em primeiro num grupo com Croácia e Bélgica, agora busca superar a Espanha para alcançar uma inédita classificação às quartas de final de Copa do Mundo.

O técnico Walid Regragui comentou sobre a dificuldade do adversário: "É muito difícil jogar contra a Espanha. É um time com marcas importantes. Nós amamos o futebol espanhol. A gente sabe que vai ser difícil. Mas também foi difícil contra a Croácia, contra a Bélgica e contra o Canadá. O que eu digo para meus jogadores desde que chegamos aqui é para joguem cada jogo como uma final. Essa vai ser a nossa quarta final", afirmou.

Para a partida decisiva, a equipe não conta por desfalques por lesão ou suspensão, e terá força máxima em campo. 

Assim, um provável Marrocos tem: Bono; Hakimi, Saïss, Aguerd, Mazraoui; Ounahi, Amrabat, Sahiri; Ziyech, En-Nesyri e Boufal.

  • Reafirmação

Após a derrota por 2 a 1 para o Japão na fase de grupos, mesmo com a utilização de reservas, a seleção espanhola passou à sofrer questionamentos da imprensa de seu país. Um cenário de desconfiança foi colocado no trabalho do técnico Luis Enrique.

Em entrevista coletiva, o treinador confrontou jornalistas ao afirmar que focam sempre em aspectos negativos e na questão da pouca idade de muitos atletas.

Perguntado sobre o característico estilo de jogo de posse de bola do time espanhol e possíveis variações durante a partida, Luis Enrique respondeu: "Nenhuma opção está descartada. Se for necessário dar um chutão, daremos. Os atacantes são os primeiros defensores. Assim me gosta jogar e interpretar o futebol. O difícil é interpretá-lo em campo. Vamos a seguir construindo desde atrás”, disse.

Em busca da classificação e reafirmação diante dos marroquinos, a única dúvida da Espanha fica por conta de Azpilicueta, que vem se queixando de dores.

Assim, uma provável Espanha tem: Unai Simón; Carvajal, Rodri, Laporte, Alba; Busquets, Pedri, Gavi; Torres, Morata e Dani Olmo.

  • Arbitragem

Árbitro: Fernando Rapallini (Argentina)
Assistentes: Juan Pablo Belatti e Diego Bonfa (Argentina)
Quarto árbitro: Raphael Claus (Brasil)
VAR: Mauro Vigliano (Argentina)
 

VAVEL Logo