United supera Basel no retorno à Champions League após quase dois anos

Com gols de Fellaini, Lukaku Rashford, Diabos Vermelhos largam na frente no Grupo A, assumindo a liderança da chave; última partida na UCL havia ocorrido em dezembro de 2015

United supera Basel no retorno à Champions League após quase dois anos
Foto: Robbie Jay Barratt - AMA via Getty
Manchester United
3 0
Basel
Manchester United: De Gea; Young, Lindelof, Smalling e Blind; Matic e Pogba (Fellaini, min. 19'); Mata (Rashford, min. 77'), Mkhitaryan e Martial (Lingard, min. 69'); Lukaku
Basel: Vaclik; Akanji, Suchy e Balanta; Lang, Xhaka, Zuffi e Riveros (Oberlin, min. 77'); Steffen, Elyounoussi e Van Wolfswinkel (Bua, min. 67')
Placar: 1-0, min. 35', Fellaini 2-0, min. 53', Lukaku 3-0, min. 84', Rashford
ÁRBITRO: Ruddy Buquet (FRA) |Cartões Amarelos: Eder Balanta, min. 28' (BAS); Ashley Young, min. 38' (MUN); Daley Blind, min. 58' (MUN); Lang, min. 60' (BAS); Xhaka, min. 82' (BAS)
INCIDENCIAS: Partida realizada em Old Trafford, válida pela primeira rodada da fase de grupos da Uefa Champions League 2017/18

Foram quase dois anos de espera, mas o Manchester United está de volta à Uefa Champions League. Nesta terça-feira (12), os Diabos Vermelhos retornaram à principal competição interclubes do mundo com vitória sobre o modesto Basel (SUI) em Old Trafford: 3 a 0 com gols de FellainiLukaku e Rashford, assumindo a liderança do Grupo A.

A última partida da equipe inglesa na UCL havia sido disputada em dezembro de 2015, na fatídica derrota por 3 a 2 para o Wolfsburg, confronto que eliminou os Red Devils da competição naquele ano. Brasileiro, o zagueiro Naldo marcou duas vezes no jogo em questão.

As equipes voltam a atuar na Champions daqui a duas semanas, na quarta-feira (27). Os suíços recebem o Benfica, enquanto os ingleses visitam o CSKA na Rússia; ambas as partidas têm início às 15h45.

Na competições nacionais, o time de José Mourinho entra em campo pela quinta rodada da Premier League neste domingo (17) ao meio-dia diante do Everton no Teatro dos Sonhos; na Super Liga Suíça, o Basel visita o St Gallen às 15h da próxima quarta-feira (20).

Após quase dois anos, United voltou a disputar uma partida da UCL | Foto: MUFC via Getty
Após quase dois anos, United voltou a disputar uma partida da UCL | Foto: MUFC via Getty

Fellaini entra no lugar de Pogba e abre o placar

Poupando o capitão Valencia, José Mourinho começou a partida com Ashley Young na lateral direita. No já tradicional 4-2-3-1, o comandante português tinha um meio campo de respeito com MaticPogbaMkhitaryanMata Martial - além de Lukaku de referência.

A qualidade técnica - visivelmente superior ao adversário, dava ampla vantagem de posse aos donos da casa. As melhores oportunidades surgiram dos pés de Mkhitaryan, que chegou a acertar a trave de Vaclik em uma das finalizações.

Capitão do United na estreia na UCL, Pogba comandava o setor central. No entanto, o francês teve que ser substituído antes dos 20' com uma lesão na coxa; em seu lugar, o contestado Fellaini assumiu a posição ao lado de Matic.

Minutos depois, o belga abriu o placar no Teatro dos Sonhos: jogada de Young pela direita, que fintou dois adversários e cruzou na cabeça do volante, escorando para o gol de forma indefensável para Vaclik. 1 a 0 United.

Com a vantagem no resultado, os Diabos Vermelhos diminuíram a intensidade e passaram a deixar a bola com a equipe suíça. Sem muita qualidade no meio-campo, o time comandado por Urs Fischer pecava nas decisões e não levava perigo ao gol defendido por De Gea.

Substituindo Pogba, Fellaini abriu o placar em sua especialidade | Foto: Shaun Boterill/Getty
Substituindo Pogba, Fellaini abriu o placar em sua especialidade | Foto: Shaun Boterill/Getty

Lukaku e Rashford confirmam vitória do United na estreia

Sem alterações, as equipes retornaram para a disputa dos 45 minutos finais. Logo aos 53', mais festa para os ingleses em Old Trafford; Martial fez bela jogada individual e finalizou para a defesa de Vaclik, que desviou para escanteio. Na cobrança, Blind encontrou Lukaku, subindo mais que a marcação para aumentar o placar no Teatro dos Sonhos.

Após o segundo gol, a vantagem deu tranquilidade aos jogadores do United. Repetindo o cenário do fim do primeiro tempo, os visitantes tentavam algo, mas faltava criatividade. A melhor oportunidade surgiu dos pés de Elyounoussi aos 64', que driblou Lindelof na entrada da pequena área e finalizou para bela defesa de De Gea.

Vinte minutos depois, mais um jogador do United saiu do banco de reservas para marcar na partida desta terça. Substituindo Juan Mata, Rashford entrou aos 77' e menos de dez minutos depois, completou cruzamento de Fellaini para as redes.

Aos 19 anos, Rashford manteve sua escrita e marcou em mais uma estreia, desta vez na Champions League; o jovem atacante inglês marcou em suas estreias na Premier League, Europa League, Copa da Liga Inglesa, além também de balançar as redes em seu primeiro jogo com a Seleção Inglesa. Final de jogo: 3 a 0 United em cima do Basel, voltando à disputa da Champions League com o pé direito.

United larga na frente e assume liderança do Grupo A | Foto: Robbie Jay Barratt - AMA via Getty
United larga na frente e assume liderança do Grupo A | Foto: Robbie Jay Barratt - AMA via Getty