Eduardo Baptista aponta desatenção na eliminação do Palmeiras no Paulista
Foto: Divulgação/ Palmeiras

O treinador Eduardo Baptista atribuiu a eliminação no Campeonato Paulista pela desatenção que o Palmeiras no jogo contra a Ponte Preta em Campinas no último domingo (16), quando foi derrotado por 3 a 0, dificultando a partida de volta. Na ocasião, a equipe sofreu dois gols em 7 minutos.

Neste sábado (22), o Alviverde precisava vencer por 3 gols de diferença para levar a partida ás penalidades máximas ou quatro para conseguir a classificação direta. Porém falharam na missão e ganharam por apenas 1 a 0.

"O Palmeiras fez até o momento a melhor campanha. Fomos eliminados por 20 minutos em Campinas. Fica a lição de não ter só nomes como o Palmeiras tem. Fomos eliminados pelo resultado em Campinas. Conversamos no vestiário. Eu e alguns jogadores falamos. Com essa determinação de hoje, não teríamos um placar nem perto do que foi em Campinas.". Disse o comandante

O treinador também comentou sobre a formação utilizada na segunda partida da semifinal. Ele escalou o volante Felipe Melo como terceiro zagueiro para proteger o lateral esquerdo Egídio, que jogou mais avançado:

"Tudo que traçamos foi feito. O empenho, fisicamente, como entrega, foi de levantar aplausos. Logo no início, disse que a torcida vem junto, ela respeita. Hoje fizemos um sistema que tinha intenção de fazer. Achei que era hora. Eles absorveram bem. Felipe fez quase um zagueiro, não sei se a melhor partida dele, mas teve grande atuação. As entradas do William e do Keno deram uma cara diferente para o time. Com o Michel por dentro, deu novo volume para buscar algo a mais."

"O Felipe tomou um cartão com cinco minutos de jogo. Ficou exposto e fez uma grande partida. Queríamos um passe pelo lado esquerdo, como tínhamos o Mina pela direita. Ele foi determinado no que foi passado. Quando sai o Egídio, nem tinha mais a cobertura. É a lição que a gente leva. Se entrarmos com a passividade de Campinas, me incluo nela, não tem o melhor time. Se entrar como hoje, tem". Concluiu o técnico alviverde.

Agora eliminado do Campeonato Paulista, o Palmeiras volta o foco total para a Taça Libertadores. O próximo desafio é já nesta quarta-feira, às 21h45, contra o Peñarol, em Montevidéu, no Uruguai. O Verdão é o líder do Grupo 5 do torneio, com sete pontos conquistados.

VAVEL Logo