Guia VAVEL do Brasileirão Série B: Londrina
Arte: Hugo Alves/VAVEL.com

O Campeonato Brasileiro série B irá para sua 37ª edição, e nesse especial da VAVEL Brasil, você poderá entender um pouco melhor sobre escalações, expectativas e entre outros assuntos do  Londrina, que irá disputar pelo segundo ano seguido o Brasileirão

Eliminado nas semifinais do Campeonato Paranaense, nos pênaltis para o Atlético-PR, o Tubarão irá decidir contra o Cianorte o título do interior. Com isso, Londrina busca se recuperar neste ano para garantir uma vaga na elite do futebol brasileiro.

Escalação

Para reforçar e trazer novidades ao Londrina, neste ano, o atacante Artur - que veio de empréstimo pelo Palmeiras -, chegou ao Tubarão para reforçar o time em 2017. Recomendado pelo Cuca desde o ano passado, o atacante de 19 anos, disputou neste ano o Campeonato Paulista pelo Novorizontino e participou da Seleção Brasileira sub-20. Além de Artur, o Tubarão conta com Zé CarlosPatrick Vieira, Elton e Carlos Henrique que  chegou ao Londrina contratado junto ao PSTC.

Tendo pela frente a segunda fase da Primeira Liga e o Campeonato Brasileiro, o Tubarão optou em jogar com um time alternativo no primeiro jogo da final do título interior contra o Cianorte, que por sinal se saíram bem e golearam o adversário por 4 a 1. 

Destaque

Como destaque, Germano Borovicz liderou a equipe na disputa da série B ano passado, e com sua experiência terminou o Campeonato Paranaense, deste ano, como artilheiro do time, com quatro gols. Germano teve passagem pelo Tubarão entre 2001 e 2004, marcando 26 gols. Depois disso, passou por vários outros times e acertou sua volta em 2013, para a disputa do Paranaense. Desde então, vem sendo destaque no time. Com sua experiência e versatilidade conquistou o time e junto a torcida. 

(Foto: Gustavo Oliveira/Londrina)

Fique de olho

Além de ser um novo reforço para o Londrina, Carlos Henrique marcou cinco gols pelo PSTC na temporada, sendo três no Campeonato Paranaense e outros dois na Copa do Brasil. Além disso, o desempenho no PSTC chamou a atenção do time alviceleste. Revelado na categoria de base do Internacional, o atacante de 22 anos passou antes por Juventude, Veranópolis, Figueirense, Luverdense e Sinop. 

Além de Carlos Henrique apresentado como novo reforço, Brandão - filho de ídolo do Londrina em 1977 -, tenta repetir o mesmo sucesso que o pai. O atacante passou por diversos times, sendo eles União Bandeirante, no Iraty e no São Caetano antes de ir para Europa, em 2005. Já na Europa, atuou Shaktar Donetsk e  Olympique de Marselha. O atacante retornou ao Brasil em 2011 e teve passagens por Cruzeiro e Grêmio. De volta a Europa, voltou a jogar pelo Olympique e dessa vez também, no Saint Ettiene. 

Em 2016, Brandão voltou ao Brasil e passou um período treinando no Londrina. Ele ficou perto de um acerto com o Tubarão para a disputa da Série B, mas não foi regularizado antes do término das inscrições.

(Foto: Gustavo Oliveira/Londrina)

Técnico

Técnico do Londrina desde 2011, Claudio Tencati, foi campeão da Divisão de Acesso no seu primeiro ano comandando o clube. Entre 2012 e 2014, Claudio conquistou títulos importantes, tanto individual ou em prol do Londrina. Em 2014, Londrina foi campeão do Campeonato Paranaense, e Tencati levou o Tubarão à série C do Campeonato Brasileiro. Em 2015, Tubarão foi campeão do Interior e garantiu o acesso à série B do Campeonato Brasileiro. No ano passado, foi campeão do Interior do Paraná, entretanto, não conseguiu a passagem para à série A do Brasileirão.

Neste ano, Claudio Tencati teve seu time eliminado nas semifinais do Campeonato Paranaense, mas fará a final do interior contra o Cianorte e garantiu que o Brasileirão será prioridade.

(Foto: Gustavo Oliveira/ LEC)

Estádio

Estádio Municipal Jacy Scaff, mais conhecido como Estádio do Café, Foi construído às pressas para o Londrina Esporte Clube entrar no grupo de elite do futebol brasileiro. O estádio tem capacidade para 30.000 pessoas. O estádio foi inaugurado em agosto de 1976 e vem sendo palco de jogos importantes para o Londrina até os dias de hoje.

Na última vez que entraram em campo no estádio, foi contra o Cianorte, no último domingo (30) e golearam o adversário por 4 a 1,  no primeiro encontro entre as duas equipes na decisão da disputa do título interior. 

(Foto: Leopoldo Karan/RPC)

Posição em 2016

No último ano, Londrina terminou o Campeonato Brasileiro em 6º lugar, com 60 pontos. Em 38 rodadas, o Tubarão venceu 16 partidas, empatou 12 e perdeu 10, marcando 40 gols e tendo sofrido 29. Em 2016, Londrina fez boa campanha como visitante, Tubarão teve o quarto melhor aproveitamento, com 47,6% dos pontos conquistados. Em 14 jogos foram cinco vitórias, cinco empates e quatro derrotas. Das cinco vitórias fora de casa, três foram contra times que estavam no G-4.

(Foto: Gustavo Oliveira/ LEC)

Expectativa para 2017

Com reforços sendo apresentados, os anúncios trouxeram muitas expectativas para esta temporada. Com o técnico Claudio Tencati focado no Brasileirão, além dos anunciados já apresentados pelo clube, o Londrina continua na busca de novos nomes para fortalecer o elenco em 2017.

Sendo assim, com contratação já encaminhada, Jardel se aproxima de ser mais um nome para fazer parte da equipe. Jogador tem pré-contrato com o Tubarão e será apresentado após a disputa da final do Campeonato Gaúcho. Ele passou por Brasiliense, Ceará, Pelotas, Juventude, São Caetano, Brasil de Pelotas e Ypiranga-RS, até chegar ao Novo Hamburgo, em 2016. Nesta temporada, o volante fez 13 jogos pelo Campeonato Gaúcho, com quatro gols marcados. 

Além de Jardel, Patrick Vieira chega ao Londrina com o objetivo de recomeçar. Após ficar um ano e três meses fora dos gramados por causa de um edema ósseo no joelho esquerdo, o jogador busca retomar a carreira nesta temporada. Meia ofensivo, o novo reforço do Londrina chega para suprir um pedido do técnico Claudio Tencati. 

 


 

 

VAVEL Logo