Palmeiras e Cruzeiro iniciam decisão pelas quartas de final da Copa do Brasil
Foto: Célio Messias/Light Press/Cruzeiro

O tradicional duelo entre Palmeiras e Cruzeiro se repete mais uma vez na Copa do Brasil. Nesta quarta-feira (28), às 21h45, as equipes medem forças no Allianz Parque, em São Paulo, pelo jogo de ida da fase de quartas de final da competição. É um confronto onde se coloca as taças na mesa, com a Raposa sendo tetracampeã, e o Porco, tricampeão. Ambos já decidiram o torneio, com uma vitória para cada lado.

Se no passado os elencos campeões eram recheados de bons jogadores, os de hoje não deixam a desejar. Nesta temporada, estão entre as equipes com os melhores plantéis do Brasil. Jogador de qualidade e vontade em campo para seguir na competição são fatores prováveis do confronto que se inicia nesta noite. Os times vão a campo com o melhor do que se tem hoje, com exceção de atletas lesionados.

O caminho até chegar nas quartas de final foi distinto. A equipe celeste é a única que iniciou a competição pelas fases iniciais, os outros sete times que disputam o título entraram direto nas oitavas, uma vez que foram os representantes brasileiros na Copa Libertadores da América deste ano.

Na fase anterior, o Cruzeiro se classificou diante da Chapecoense ao vencer o primeiro jogo, em casa, por 1 a 0, e segurar o empate sem gols no polêmico jogo realizado na Arena Condá, em Chapecó/SC. O Palmeiras não teve vida fácil, mas superou o Internacional. O alviverde venceu a primeira partida, por 1 a 0, em São Paulo, e perdeu na volta, por 2 a 1, mas teve a vantagem pelo gol marcado fora de casa.

Sendo o jogo de logo mais os primeiros 90 minutos da decisão, a partida de volta acontece apenas no final de julho, quarta-feira (26), às 21h45, no Mineirão, quando então será conhecido o semifinalista que chegará credenciado ao título.

Focado na recuperação física e nas finalizações, Cuca não revelou o time que vai a campo

O técnico Cuca fez mistério e não revelou a equipe que vai iniciar o jogo diante do Cruzeiro. Em treino realizado na tarde dessa terça-feira (27), na Academia de Futebol, os atletas que foram titulares na vitória do fim de semana, diante da Ponte Preta, por 2 a 1, realizaram um treinamento focado na recuperação física. No final, os jogadores treinaram finalizações.

Keno, Edu Dracena e Zé Roberto, que desfalcaram o alviverde no domingo, treinaram normalmente. Alguns desfalques estão definidos por já terem sido utilizados na competição. É o caso do zagueiro Luan, que atuou pelo Vasco, de Juninho, também zagueiro, que veio do Coritiba, e do lateral-direito Mayke, que vestiu as cores do Cruzeiro. Bruno Henrique, por sua vez, foi adquirido pelo clube após o encerramento do período de inscrições para o torneio.

Decisivo na vitória e autor dos dois gols palmeirenses no domingo, o meia Alejandro Guerra destacou que quer repetir a boa atuação no jogo desta quarta-feira. “Sempre quero mais. O que passou já ficou para a história, agora temos de nos preparar para amanhã (quarta), contra o Cruzeiro. Cada jogo é um teste. Se você jogar mal, as pessoas verão somente a partida que você foi mal porque foi a última. Eu sempre quero mais, essa é a minha filosofia”, disse.

Cruzeiro desembarca inteiro em São Paulo e jogadores demonstram otimismo

Assim como a equipe paulista, o Cruzeiro não vai poder contar com dois atletas recém-chegados ao clube. Os atacantes Sassá e Rafael Marques chegaram à Toca após encerramento do período de inscrições na competição nacional. A dúvida que havia rondado nos últimos dias era se o volante Lucas Romero estaria disponível, entretanto o técnico Mano Menezes confirmou o atleta entre os relacionados.

O atacante Rafael Sóbis destacou a chegada dos grandes jogos da temporada, mas pregou cautela por ser o primeiro jogo do confronto. “No meio do ano para frente chegam os jogos mais decisivos. Para isso que a gente trabalha, para chegar em momentos grandes. Temos que ser inteligentes. Não podemos querer fazer tudo em um jogo só. São duas equipes vitoriosas e serão dois grandes jogos”, opinou.

Para o meia Thiago Neves, destaque celeste contabilizando oito gols e seis assistências, a Raposa deve jogar com inteligência para furar o bloqueio alviverde e voltar pra casa com um bom resultado. "A gente tem de jogar de igual para igual. Eles arriscam bastante e temos de ser corajosos e atacar bem o Palmeiras. Temos de ser inteligentes. Um empate fora de casa com gols é um resultado muito bom, mas se ganharmos será muito melhor”, afirmou.

VAVEL Logo