Eleito melhor jogador da partida, Cuéllar comemora empate: "Importante não levar gols"
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

Na noite especial de semifinais da Copa do Brasil, Botafogo e Flamengo apenas empataram sem gols no Estádio Nilton Santos, nesta quarta-feira (16). O placar deixa aberta a dispuata por uma vaga na decisão do torneio. Um novo empate em 0 a 0 levará a decisão da vaga para os pênaltis; empate com gols classifica o Botafogo, e quem vencer avança à decisão.

Após a partida, os jogadores analisaram o clássico e projetaram o jogo de volta na próxima semana. Eleito o melhor j da partida em votação realizada no perfil oficial da Copa do Brasil no Twitter, o volante Cuéllar comentou sobre a bom desempenho defensivo do time no clássico.

"É importante não levar gols no jogo de ida. Sabemos da qualidade do Botafogo, que é um time que fica mais defensivo e tem um contra-ataque muito bom. Não demos mole, conseguimos aguentar e tivemos oportunidades para abrir o marcador, mas não deu. Esperamos conseguir aproveitar a próxima oportunidade e ganhar no Maracanã", projetou.

O volante também falou sobre o técnico Reinado Rueda, seu compatriota. Cuéllar contou que juntamente com Berrío, ajudou o treinador a se comunicar com o time.

"Berrío e eu sabíamos que precisávamos ajudá-lo com a questão do idioma. Ele é um grande treinador e todos precisam ajudar bastante ele. Foi uma grande partida e um resultado importante para nós”, declarou.

 "O time mudou muito pouco, visto que ele tem apenas dois dias de treinamento. Temos uma grande equipe que jogou uma grande partida contra o Botafogo. Foi um duelo difícil, mas conseguimos um bom resultado para o confronto da volta”, completou o volante.

"Conseguimos propor o jogo", diz Renê

Para o lateral-esquerdo Renê, o Flamengo merecia um resultado melhor. O jogador ainda falou sobre o novo treinador, o técnico colombiano Reinaldo Rueda, que pela primeira vez comandou o time à beira do campo.

“Acredito que nossa equipe jogou melhor e merecia uma vitória. Conseguimos propor o jogo e sabíamos que o Botafogo viria mais fechado. Estamos nos organizando e acertando as peças, mas creio que na próxima partida podemos sair com o resultado positivo. Agora é descansar e pensar no próximo duelo", disse.

"Já foi possível ver um pouco do que ele nos pediu. Ficamos mais com a bola, nem sempre partimos para cima deles, jogamos mais na amplitude. Pouco a pouco vamos nos adaptando e entendendo o que é passado", concluiu o lateral.

Foto: Gilvan de Souza / Flamengo
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

A segunda e decisiva partida pela semifinal da Copa do Brasil será disputada na próxima quarta-feira (23), no Maracanã. Antes, porém,  o Mais Querido tem um compromisso pelo Campeonato Brasileiro. Sem vencer há quatro jogos no certame nacional, o Flamengo enfrenta o lanterna Atlético-GO, no sábado (19), às 19h30 (de Brasília), na Ilha do Urubu.

VAVEL Logo