No Mineirão lotado, Cruzeiro tenta reverter vantagem do Grêmio para ir à final da Copa do Brasil
Último embate entre Cruzeiro e Grêmio no Mineirão terminou em 3 a 3 (Foto:  Washington Alves/Cruzeiro)

Decisão, emoção e expectativa de grande jogo. O clima que permeará o Mineirão na noite desta quarta (23), a partir de 21h45, terá ingredientes dignos de uma grande noite no gramado do Gigante da Pampulha. Cruzeiro e Grêmio fazem o jogo de volta da semifinal da Copa do Brasil, ambos em busca de uma vaga na final do torneio.

A partida de ida terminou com vitória gremista por 1 a 0, com gol de Lucas Barrios, na Arena do Grêmio. Para que a Raposa avance diretamente, precisa bater o time gaúcho em casa por dois gols diferença, o que a classifica sem depender de mais nada. Se o placar do primeiro jogo se repetir, a decisão vai para as penalidades máximas. Uma nova vitória do Grêmio ou derrota por um gol de diferença, tendo marcado alguma vez, faz com que o Imortal avance.

+ Frente a frente no Gigante: Cruzeiro e Grêmio voltam a duelar no Mineirão pela Copa do Brasil

A "briga" entre Cruzeiro e Grêmio tem um outro fator para além da disputa por uma vaga na final da Copa do Brasil. O tricolor gaúcho é o maior vencedor da competição, com cinco conquistas, seguido de perto pela equipe mineira, que tem quatro. Portanto, para os gremistas, a classificação significa ir em busca da supremacia do torneio, enquanto para o time celeste, o avanço indica a manutenção da tentativa de encostar no tricolor. 

A outra semifinal da Copa do Brasil tem o clássico carioca entre Flamengo e Botafogo. O jogo de ida, com mando do time alvinegro, terminou empatado sem gols. Também nesta quarta, às 21h45, as equipes do Rio de Janeiro fazem a partida de volta, no Maracanã. As finais da competição estão marcadas para os dias 7 de setembro e 12 de outubro, ambos feriados.

"Já nos vimos por aqui?"

Cruzeiro e Grêmio pela semifinal da Copa do Brasil: situação idêntica a essa aconteceu em um passado não muito distante. Em 2016, Raposa e Imortal duelaram pela mesma fase da competição, com avanço dos gremistas. A partida de ida foi vencida pelos gaúchos por 2 a 0 em pleno Mineirão, e o jogo de volta terminou empatado em 0 a 0. Posteriormente, o Grêmio venceu a competição ao bater na decisão o Atlético-MG, rival do Cruzeiro.

Para duelo decisivo, Cruzeiro tem novidades na lista de relacionados

Arrascaeta vira opção de Mano para entrar no decorrer do jogo (Foto:  Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)
Arrascaeta vira opção de Mano para entrar no decorrer do jogo (Foto: Washington Alves/Light Press/Cruzeiro)

No último fim de semana, o Cruzeiro recebeu o Sport pelo Campeonato Brasileiro, e a expectativa era de que o técnico Mano Menezes poupasse alguns jogadores. No entanto, quando a escalação da Raposa foi divulgada, nada de descanso: quase toda titular, a equipe celeste bateu o time pernambucano por 2 a 0 e virou logo a página para a Copa do Brasil.

Para o jogo desta noite, o comandante cruzeirense tem retornos importantes. O meia Arrascaeta, que vinha se recuperando de uma lesão na tíbia, foi relacionado para a partida e deve iniciar no banco de reservas. O volante Lucas Romero, outro atleta que era dúvida devido a dores no tornozelo direito, também pintou na lista de Mano e deve voltar a atuar improvisado na lateral direita.

Seguem impossibilitados de atuar pelo Cruzeiro na Copa do Brasil por não terem sido inscritos o zagueiro Digão e os atacantes Sassá, Messidoro e Rafael Marques, este também ausente pela retirada de uma hérnia. Ainda lesionados e inaptos, seguem os zagueiros Manoel, Dedé, o atacante Judivan e volante Ariel Cabral, que não joga mais nesta temporada.

+ Anfitrião indigesto: em Belo Horizonte, Cruzeiro só perdeu para Grêmio uma vez

Apenas um resultado leva a decisão para os pênaltis: 1 a 0 para o Cruzeiro. Esse placar, obviamente, é uma possibilidade dentre as tantas que podem estampar o marcador do Mineirão ao fim dos 90 minutos de jogo. Se o agregado caminhar para as penalidades máximas, além da eficiência de seus cobradores, a Raposa vai precisar de um 'dia inspirado' do goleiro Fábio. O arqueiro, apesar de se mostrar preparado para uma eventual disputa de pênaltis, enfatizou que a equipe tem condições de resolver com bola rolando.

"Hoje você tem essa facilidade [informações sobre os cobradores]. Mas o adversário também sabe que você tem essas informações das cobranças. Então, hoje é um jogo aberto, mas eu tento ser direcionado ali pela minha fé e determinar o momento certo o que devo fazer, mas não fico pensando antes do tempo, não. Nós temos 90 minutos para fazer o resultado, sempre respeitando o adversário, mas pelos jogadores que temos”, afirmou.

Confira a lista de relacionados do Cruzeiro:

Goleiros: Fábio, Rafael e Lucas França
Laterais: Bryan, Diogo Barbosa (direitos), Ezequiel e Lennon (esquerdos)
Zagueiros: Léo, Arthur e Murilo
Volantes: Henrique, Hudson, Lucas Silva, Lucas Romero e Nonoca
Meias: Arrascaeta, Elber, Rafinha, Robinho e Thiago Neves
Atacantes: Rafael Sóbis, Alisson e Raniel

Renato 'descarta' vantagem e diz que Grêmio não abrirá mão de seu estilo de jogo

Renato espera bom jogo no Mineirão (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)
Renato espera bom jogo no Mineirão (Foto: Lucas Uebel/Grêmio FBPA)

Recepcionada por cerca de 30 torcedores na Região Nordeste de Belo Horizonte, a delegação do Grêmio aterrissou em solo mineiro na noite dessa terça-feira (23). Antes da viagem à capital mineira, porém, o técnico Renato Gaúcho concedeu entrevista coletiva em Porto Alegre.

Projetando um jogo de fortes emoções, o comandante afirmou que pediu aos jogadores para 'esquecerem' a vantagem obtida na partida de ida – 1 a 0. Segundo ele, o Grêmio não modificará seu estilo de jogo para defender o resultado obtido na Arena.

"A gente tem que esquecer essa pequena vantagem. O jogo está aberto. Vai ser um grande jogo. De muitas emoções, pode ter certeza disso. O Grêmio vai jogar da mesma forma que jogou em todas as competições. Independente do adversário. O Grêmio tem seu modo de jogar. O Grêmio vai para jogar. A vantagem vai ser usada na hora certa. Temos que ir para o Mineirão respeitando o adversário. Jogando como a gente sempre fez na Libertadores e no Campeonato Brasileiro. Não tem o que mudar. A gente tem nossa maneira. A gente não vai mudar. Vamos respeitar o adversário e buscar a classificação", frisou.

+ De volta ao Mineirão: Grêmio quer manter série positiva no estádio para classificar à final

Para o embate desta quarta-feira, Renato não pode contar com o zagueiro Geromel. O defensor sofreu, no primeiro jogo contra a Raposa, uma lesão de grau dois no músculo adutor da coxa direita. O substituto mais provável é Bressan, com o ex-cruzeirense Bruno Rodrigo correndo por fora. Além de Gemorel, o técnico não terá à disposição os seguintes atletas: Arroyo, Douglas, Jael, Marcelo Oliveira, Miller Bolaños Rafael Thyere.

No meio-campo, Arthur Maicon disputam uma vaga ao lado de Michel para formar a dupla de volantes. No último treino antes da viagem a Belo Horizonte, Renato Gaúcho realizou no CT Luiz Carvalho uma atividade fechada à imprensa, deixando o mistério no ar sobre quem começa jogando. Com Maicon recuperado de dores no tendão de Aquiles do pé esquerdo, Arthur pode voltar ao banco. O capitão não jogou o duelo de ida, na Arena, mas atuou na vaga do jovem na vitória diante do Godoy Cruz, por 2 a 1, pela Libertadores.

O provável time do Grêmio para enfrentar o Cruzeiro tem Marcelo Grohe; Edílson, Bressan, Kannemann, Bruno Cortez; Michel, Maicon; (Arthur), Ramiro, Luan, Pedro Rocha; Barrios.

VAVEL Logo