Arthur lamenta novo tropeço do Grêmio no Brasileiro: "São coisas do futebol"
Foto: Lucas Uebel / Grêmio FBPA

No intervalo entre os dois confrontos importantes diante do Botafogo pela Copa Libertadores da América, o Grêmio perdeu a segunda partida seguida pelo Campeonato Brasileiro. Dessa vez, o revés foi para a Chapecoense, em casa. O time tentou, mas mesmo com parte do time titular em campo, não conseguiu passar pela equipe catarinense, e agora vê a distância para o líder Corinthians aumentar para dez pontos.

Porém, para o volante Michel, ainda há chances para o título: "a distância para o Corinthians é complicada, mas não tem nada perdido. Ainda temos muitos pontos em disputa". Já para o garoto Arthur, recém convocado para a seleção brasileira, a equipe não deixou de lutar para conseguir a vitória.

"Eu acho que esse é o espírito do grupo. Não faltou empenho, não faltou vontade, são coisas do futebol. Infelizmente a gente tentou, tentou, criou, mas a bola não entrou. Mas falta de vontade nenhum momento não faltou", disse.

Arthur ainda comenta que os jogadores entraram focados na Chapecoense, e não no jogo da próxima quarta-feira, contra o Botafogo, pela Libertadores da América. "Não, bem pelo contrário — perguntado sobre o pensamento na Libertadores. Ele (Renato Portaluppi) fez uma reunião com a gente e perguntou quem queria jogar e todo mundo se colocou à disposição. Eu acho que esse é o espírito do grupo", concluiu.

Na próxima quarta-feira, o Grêmio entra em campo diante do Botafogo, pelo jogo de volta das quartas de final da Libertadores. Sobre essa partida, o atacante Fernandinho ressalta que é importante que a equipe esteja bem fisicamente. "Quarta-feira é outro jogo. É uma decisão e precisamos estar com o tanque cheio para buscar a vitória."

Pelo Campeonato Brasileiro, e tentando diminuir novamente a diferença diante do Corinthians, o Grêmio entra em campo no próximo domingo (24), diante do Bahia, em Salvador, às 19h.

VAVEL Logo