Melhor time na Libertadores, Palmeiras visa recuperação no Brasileiro diante do Bahia

Absoluto na competição continental, Verdão tenta somar três pontos em casa depois de ser derrotado no Derby e perder invencibilidade na Série A; Esquadrão de Aço para deixar zona de rebaixamento

Melhor time na Libertadores, Palmeiras visa recuperação no Brasileiro diante do Bahia
César Greco/Agência Palmeiras
Palmeiras
Bahia
Palmeiras: Jaílson; Marcos Rocha, Antônio Carlos, Edu Dracena e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Lucas Lima; Keno, Borja e William. Técnico: Roger Machado.
Bahia: Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Tiago, Lucas Fonseca e Léo; Edson e Gregore; Zé Rafael, Vinícius e Élber; Edigar Junio. Técnico: Guto Ferreira.
ÁRBITRO: Rafael Traci (PR), auxiliado por Ivan Carlos Bohn (PR) e Rafael Trombeta (PR)
INCIDENCIAS: Partida válida pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2018, disputada no Allianz Parque a partir das 21 horas deste sábado (19)

Apesar da tabela de classificação indicar panoramas diferentes, Palmeiras e Bahia entram em campo nesta noite com a necessidade de vencer por um único objetivo: a recuperação. Enquanto o Verdão foi derrotado pelo arquirrival Corinthians na semana passada e perdeu a invencibilidade na competição nacional, o Esquadrão de Aço cedeu duplo empate ao São Paulo nos minutos finais diante de sua torcida e tem a meta de buscar fora de casa os pontos desperdiçados como mandante.

O duelo entre as equipes é válido pela sexta rodada do Campeonato Brasileiro da Série A 2018 e está programado para acontecer às 21 horas deste sábado (19), no Allianz Parque, em São Paulo/SP.

Busca da liderança

No quesito Taça Libertadores da América, o desempenho e a campanha do Palmeiras são praticamente irretocáveis. Melhor na fase de grupos, o time somou 16 pontos em 18 possíveis e adquiriu a vantagem de disputar o segundo confronto diante de sua torcida em todas as fases eliminatórias do torneio continental. Porém, a equipe sofre com a pressão. O time perdeu a invencibilidade no Brasileiro diante do arquirrival Corinthians e a nova derrota no Derby causou um pouco de tensão no ambiente palmeirense. O Verdão quer manter o embalo do triunfo do meio de semana diante do Junior Barranquilla para, a depender dos outros resultados, assumir a liderança da Série A.

Divulgação/Agência Palmeiras

Ainda que o primeiro posto possa parecer algo distante, a primeira meta para esse fim de semana é retornar ao G-4. Na Libertadores, o técnico Roger Machado preservou alguns jogadores para evitar maior desgaste físico e manter o bom nível dos atletas considerados mais importantes e líderes do grupo. O único novo desfalque do Palmeiras será o atacante Dudu, que cumpre suspensão automática pelo recebimento do terceiro cartão amarelo diante do Corinthians, no último fim de semana. Moisés e Artur seguem no departamento médico e continuam a estar fora da lista de relacionados.

Espanto de má fase

Em alguns aspectos, o Bahia tem um quadro semelhante ao do Palmeiras, oponente desta noite. O Tricolor da Boa Terra está bem nas competições eliminatórias por ter larga vantagem na Copa do Brasil sobre o Vasco da Gama e ser semifinalista da Copa do Nordeste, mas oscila no Campeonato Brasileiro. O time soma cinco pontos e caiu para a zona de rebaixamento após ceder empate ao São Paulo nos minutos finais. O empate foi um péssimo resultado, dadas as circunstâncias e efeitos causados pós-jogo. O time precisa buscar três pontos para dar um grande salto na tabela de classificação, uma vez que a distância entre o quarto colocado – Grêmio – e o 17º é de três pontos.

Felipe Oliveira/EC Bahia

O técnico Guto Ferreira manteve o mistério no decorrer da semana. Apesar do máximo de segredo em relação ao time a ser escalado de primeira, a única grande novidade é o retorno do zagueiro Tiago à titularidade, depois do defensor se recuperar e sair do departamento médico. Outras ausências são os zagueiros Rodrigo Becão e Jackson, o volante Elton e o meia Marco Antônio, todos lesionados. Além dos quatro, o lateral João Pedro e o meia Allione, por pertencerem ao Palmeiras e estarem emprestados ao Esquadrão, não entram em campo.