Thiago Larghi elogia desempenho, mas lamenta derrota do Atlético-MG: "Perdemos todos juntos"

Treinador admitiu a falha individual do lateral-direito Emerson, que resultou no gol do Flamengo

Thiago Larghi elogia desempenho, mas lamenta derrota do Atlético-MG: "Perdemos todos juntos"
Foto: Bruno Cantini/Atlético-MG

Mesmo com uma semana cheia de trabalho, time descansado e soberania em campo, o Atlético-MG perdeu em casa para o Flamengo por 1 a 0, e deixou de lado uma ótima chance de se consolidar na liderança do Campeonato Brasileiro

Com o empate, o Atlético-MG dormiria líder do Brasileirão, mas o gol marcado pelo ex-cruzeirense Everton Ribeiro tirou o Galo da primeira posição e alocou o clube na terceira posição com 13 pontos, podendo perder mais uma caso o Corinthians vença seu compromisso contra o Internacional.

Apesar dos elogios ao time em campo, o técnico Thiago Larghi lamentou o resultado final da partida. Exaltou as chances criadas e a ampla atuação da equipe perante o rival. 

"É claro que o resultado não foi o que a gente esperava, principalmente pelo o que a gente jogou. Desde o início, a gente mostrou que entrou afim de fazer gols, de dominar o jogo e impor nosso ritmo. E acho que isso nós conseguimos, mesmo na ausência do Ricardo Oliveira, que a gente lamenta ter perdido faltando 15 minutos para o jogo. Mas o time teve uma boa atuação, de modo geral, com criação, com possibilidades, bolas na trave, goleiro fazendo defesa, e com chances claras de gol, mas nós precisamos fazer o gol", declarou. 

O treinador admitiu, também, a falha individual do lateral-direito Emerson, que perdeu a bola para Vinícius Júnior no lance do gol flamenguista, mas exaltou o conjunto nas vitórias e nas derrotas. 

"Lamento que a gente perdeu em um erro individual, que a gente não contava. Mas isso faz parte. Perdemos todos juntos. Foi uma bola bem pontual. Não levamos o gol porque eles estavam encaixando contra-ataques ou porque vinha representando perigo, principalmente no segundo tempo. No primeiro, até tiveram umas duas chances, que o Victor saiu. Eles têm jogadores de qualidade e velozes, mas foi uma situação circunstancial, que a gente sabe que precisa melhorar. Um jogo como esse, o adversário pode jogar por uma bola, mas faz parte do nosso amadurecimento como equipe", explicou.

Por fim, Larghi mencionou que o time deve tirar lições do resultado e da atuação em campo para as próximas partidas da equipe que só terá o Brasileirão até o fim da temporada.

"Saímos de cabeça erguida, compreendendo qual foi o cenário do jogo. A gente sabe do jogo que desempenhamos durante os 90 minutos. Em um lance, pode ser decidido. Tivemos chances de fazer o gol. Não fizemos. Mas a gente sai de cabeça erguida, porque, na avaliação do jogo como um todo, a gente sabe que esteve muito mais próximo de vencer do que de perder. Temos que tirar uma lição. Mas o que fica é que saímos de cabeça erguida, porque tem muita água para rolar ainda no Campeonato Brasileiro", finalizou.