Valentim traça meta ao Botafogo após empate: “Recuperar esses pontos fora de casa”
(Foto: Vítor Silva/SSPress/Botafogo)

Valentim traça meta ao Botafogo após empate: “Recuperar esses pontos fora de casa”

Técnico deu entrevista coletiva após empate contra o Ceará

tuliomoraes
Tulio Sales

Após frustrante tropeço contra o lanterna Ceará dentro de casa, Alberto Valentim disse que notou cansaço no time. As equipes se enfrentaram na noite desta quarta-feira (6) pela décima rodada do Campeonato Brasileiro, no estádio Nilton Santos. Porém, não saíram do zero a zero.

"Hoje infelizmente não conseguimos propor o jogo que queríamos. Encontramos um time com três zagueiros, marcação baixa, e a gente não conseguia entrar. Senti a equipe meio cansada, talvez pelos dois últimos jogos, ainda mais o contra o Vasco. A gente não conseguiu recuperar 100% a forma física. Talvez eu poderia ter pensado de poupar alguns atletas. Somamos um ponto, o que não é o que queríamos. Para chegar numa parte mais alta da tabela, temos que recuperar esses pontos fora de casa." 

Além do tropeço, o Botafogo perdeu outra chance de embalar duas vitórias seguintes, coisa que ainda não aconteceu neste campeonado. 

Uma parte alarmante do jogo também ficou por conta da preocupação com o zagueiro Yago, que foi encaminhado ao hospital após sofrer lesão na cabeça, com isso, o técnico ficou bastante irritado com a demora no atendimento do jogador.

"Eu queria que deitassem o atleta. Pedi que as pessoas deitassem uma pessoa que estava andando grogue. Só queria que o atleta deitasse. No jogo com o São Paulo, o João foi atendido na hora."

Além do resultado, Valentim analisou o desempenho da equipe dos pontos de vista tático e de técnica:

"Hoje erramos muito tecnicamente, passes. Não conseguimos furar essa fase defensiva do Ceará. Precisamos melhorar muito, trabalhar e recuperar os jogadores para a partida com a Bahia. Ficamos com um a menos, mas procuramos mesmo assim situações de gols, mas infelizmente não aconteceu. Precisamos recuperar fora de casa os pontos que perdermos. Temos que melhorar sempre, falaria isso se vencesse também."

O time foi vaiado ao final do jogo e um dos grandes pontos de descontentamento ao final do jogo foi com relação aos laterais:

"A gente sabe que o torcedor que vem ao estádio tem direito a se manifestar como deve, o torcedor imaginava o Botafogo em vantagem e vencendo. A gente precisa muito dos laterais, principalmente falando de times fechados. Você tem de usar as beiradas para ver se acha um espaço menos congestionado."

Valentim em sua coletiva ainda falou sobre Jefferson e sobre o momento especial que o goleiro viveu na noite desta quarta (6), ao completar 454 jogos com a camisa do Glorioso.

"O Jefferson é a cara do Botafogo, é um líder. Hoje conversei com o Rodrigo e passamos a faixa para eles para homenageá-lo também. A gente queria dar essa vitória para ele também, porque é uma marca importantíssima num clube tão grande. É uma pena que a gente não conseguiu dar a vitória ao torcedor, é claro, e para ele, que merecia muito por causa desse recorde."

VAVEL Logo

Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

há 18 horas
há um dia
há 3 dias
há 8 dias
há 8 dias
há 8 dias
há 9 dias
há 11 dias
há 12 dias
há 13 dias
há 14 dias