Kieza demonstra preocupação com pós-copa: “Não temos o mesmo ritmo”
(Foto: Divulgacão/Twitter Botafogo)

Kieza demonstra preocupação com pós-copa: “Não temos o mesmo ritmo”

Jogador concedeu coletiva antes de jogo-treino contra Nova Iguaçu; pausa pra Copa do Mundo afeta desempenho da equipe

ariannalacerda
Arianna Lacerda

Na tarde desta quinta-feira (12) o Botafogo realizou mais um jogo-treino no estádio Nilton Santos, contra o Nova Iguaçu, visando o próximo confronto contra o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro. Antes do jogo, Kieza falou com a imprensa. 

Incialmente foi falado sobre a preparação do próximo adversário, afinal, Corinthians realizou jogos-treino com adversários que jogam na série A. 

“A gente sabe que a diferença de adversário é um pouco melhor do que os que a gente enfrentou, eles podem ter tirado um pouco mais de proveito. Enfrentaram times de Série A, com mais qualidade. Esperamos que a gente possa surpreender e manter o ritmo que tínhamos antes da parada do Brasileiro". 

Após a Copa do Mundo, a maratona do Botafogo nos jogos e demais competição será pesada, basicamente uma atrás da outra (principalmente por causa da Copa, que acabou tirando o tempo das competições). 

"Nesses jogos um atrás do outro não teremos tempo de treinar. Temos que estar atentos a isso ao máximo. Tentar voltar o mais rápido possível ao ritmo que tínhamos antes da parada". 

Marcos Paquetá, novo técnico do Botafogo que assumiu depois da saída de Alberto Valentim, está fazendo um trabalho de treino intenso. Kieza elogiou. 

"Nós procuramos tentar saber o que ele quer e conhecer o trabalho dele. Ele não quis chegar e mudar tudo. Aos poucos, ele vai colocando a maneira dele de trabalhar e jogar. Está dando tudo certo”. 

Kieza e Aguirre disputam vaga dentro do Botafogo, e o atleta foi questionado sobre o revezamento entre os dois na posição.

“Ele um pouco aberto pela direita, eu um pouco mais centralizado. Dependendo do jogo, um cai na posição do outro. A gente não tem problema quanto a isso. A gente espera que as coisas possam dar certo". 

Por fim, comentou sobre a quebra do ritmo e sua perda logo quando teve a parada para a Copa do Mundo, afirmando que na volta os jogadores estão diferentes sempre. 

“Quando tem essa parada, voltamos diferente de como estávamos. Não temos o mesmo ritmo. Essa parada nos faz perder um pouco. Além dos treinos, temos os jogos-treinos para ver como está a nossa equipe", concluiu. 

VAVEL Logo

    Botafogo de Futebol e Regatas Notícias

    há 5 dias
    há 5 dias
    há 5 dias
    há 6 dias
    há 8 dias
    há 9 dias
    há 10 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 11 dias
    há 13 dias