Brasil de Pelotas e Juventude empatam em encontro de gaúchos no Bento Freitas

Em noite pouco inspirada em Pelotas, equipes gaúchas empatam por 1 a 1 e seguem ameaçadas com o fantasma da zona de rebaixamento

Brasil de Pelotas e Juventude empatam em encontro de gaúchos no Bento Freitas
Foto: GEB/Divulgação
Brasil de Pelotas
1 1
Juventude
Brasil de Pelotas: Marcelo Pitol; Eder Sciola, Leandro Camilo, Rafael Dumas e Bruno Collaco; Leandro Leite, Valdemir, Sousa e Pereira; Michel e Luiz Eduardo.
Juventude: Matheus Cavichioli; Felipe Mattioni, Bonfim, Micael e Neuton; Diones, Vidal, Jair, Leandro Lima; Tony e Elias.
Placar: 1-0, min. 27, Valdemir. 1-1, min. 37, Felipe Mattioni.
ÁRBITRO: Heber Roberto Lopes, auxiliado por Neuza Ines Back e Henrique Neu Ribeiro. O trio Santa Catarina
INCIDENCIAS: 15ª Rodada da Série B do Campeonato Brasileiro 2018, Estádio Bento Freitas, Pelotas.

Em uma noite rodeada de grande expectativas no Estádio Bento Freitas, Brasil de Pelotas e Juventude novamente frustaram seus torcedores, em um jogo muito fraco tecnicamente, as duas equipes saíram de campo com um ponto cada e com placar de 1 a 1. Os dois gaúchos permanecem em situação delicada dentro da Série B do Campeonato Brasileiro.

Os gol da partida saíram na primeira etapa de partida, Valdemir abriu o placar para o Xavante aos 27 minutos com uma boa dose de polêmica, já que a bola ainda desviou no atacante Luiz Eduardo que estava em posição de impedimento, porém o árbitro da partida, Heber Roberto Lopes, não viu o desvio e anotou o gol para o meia.

Dez minutos mais tarde, após pressão do Juventude, Felipe Mattioni empatou a partida após cruzamento de Leandro Lima. Os visitantes ainda reclamaram de um toque de mão do lateral Éder Sciola, lance que o árbitro entendeu como normal.

Esperava-se que a segunda etapa seria mais elétrica, já que a situação das duas equipes dentro da tabela de classificação não é confortável, porém dentro das quatro linhas ficou evidente o motivo pelo qual as equipes lutam pra não cair, com os ataques pouco inspirados e muitos erros de passes, a partida se arrastou até o fim sem grandes emoções e lances de perigo.

Com o empate, o Brasil chega a sua terceira partida sem vitória e amarga a penúltima colocação da Série B com apenas 14 pontos em 15 jogos, na próxima terça-feira (17) o Xavante viaja até Goiás, onde enfrenta o embalado Vila Nova no Serra Dourada ás 20h30.

O Juventude que vive um jejum de vitórias até maior que o Brasil - quatro jogos sem vencer - e ocupa o 15º lugar, com 17 pontos, repõe seu jogo atrasado contra o campeão do NordesteSampaio Corrêa, primeira equipe fora da zona de rebaixamento, na terça-feira (17), às 20h30, no Maranhão.