Sem previsão de pagamento, Fluminense atrasa pendências de julho
FOTO DE MAILSON SANTANA/FLUMINENSE FC.

Sem previsão de pagamento, Fluminense atrasa pendências de julho

Equipe carioca não dá previsão para quitar dívidas com jogadores e funcionários

francesco-chianelli
Francesco Chianelli

O prazo para quitação das pendências do mês de julho venceu e, mais uma vez no ano, o Fluminense atrasou o pagamento dos salários de seus funcionários. O clube não deu um prazo para a resolução do problema.

Atrasar os pagamentos tem sido algo recorrente na realidade tricolor. Normalizando as pendências somente no fim do mês, em maio, o clube precisou de um empréstimo para poder pagar as dívidas. Em junho, o mesmo ocorreu. 

+ Sem receber, Fluminense anuncia fim da parceria com a Valle Express

+ Ex-patrocinadora do Fluminense nega atrasos e diz que clube não cumpriu obrigações contratuais

Complicando ainda mais a vida financeira tricolor, o clube anunciou na última quarta-feira (8) o rompimento com a Valle Express, empresa de cartões de credito. Após atrasar o pagamento de quatro parcelas - abril, maio, junho e julho - no valor de R$ 1,4 milhão, o desligamento foi inevitável. 

Além disso, os direitos de imagem dos atletas de junho ainda não foram pagos, acrescentando mais uma dívida à lista tricolor. Os de julho vencem no dia 15 de agosto e, assim como os salários, não tem previsão de quitação.

VAVEL Logo

Fluminense FC Notícias

há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias
há 4 dias
há 5 dias
há 5 dias
há 7 dias
há 7 dias
há 10 dias
há 10 dias
há 12 dias