Mesmo com empate, Portaluppi ainda crê  em título do Grêmio: "Temos chances"
Foto: Reprodução/Grêmio

Mesmo com empate, Portaluppi ainda crê  em título do Grêmio: "Temos chances"

Comandante gremista avaliou empate diante do América e ressaltou briga por, no mínimo, vaga no G-4

ritielimoura
Ritieli Moura

No empate em 1 a 1 com o América-MG, o Grêmio teve um primeiro tempo apagado. A equipe se encontrou no jogo apenas na segunda etapa, quando alcançou o placar. Na entrevista coletiva após o jogo, o comandante Renato Portaluppi avaliou o duelo.

O América foi melhor que a gente nos primeiros 45 minutos. Conversei com o grupo no intervalo e dominamos o segundo tempo. A obrigação maior de vender a partida era do América, já que o Grêmio estava com uma equipe completamente diferente”, afirmou. 

Sem vencer nos últimos jogos, o Grêmio se vê cada vez mais distante das chances de título na competição. Apesar disso, o técnico gremista ressaltou que a equipe ainda está na briga, visando no mínimo vaga direta na próxima Libertadores da América.

Matematicamente nós temos chances. Boas chances. É lógico que a cada rodada, se a gente não vencer, depende do que estiver acontecendo nas outras partidas. Claro que o Grêmio pensa ainda, tá difícil, mas tá difícil pra todo mundo. É que a gente tá na Libertadores também, daí fica difícil ter que jogar com uma equipe hoje e daqui três dias jogar com outra equipe. Mas faz parte, o importante é que a gente não tirou o foco do Brasileiro, até porque estamos brigando ainda pelo título é brigando por uma das quatro vagas. Nada tá garantido, nem o título pra uma das equipes que tá disputando, e ninguém está garantido entre os quatro também. O Grêmio tem que conquistar o máximo de pontos pra brigar pelo título ou no mínimo conquistar uma vaga entre os quatro."

Já de olho do duelo pela semifinal da Libertadores da América, Renato falou sobre o adversário River Plate. A equipe Argentina perdeu  invencibilidade de 39 jogos no último final de semana.

A gente continua respeitando o River. Acho que são grandes quatro clubes que chegaram na semifinal. Tudo pode acontecer, é um confronto de 180 minutos. Dois grandes clubes, duas grandes torcidas.”

O técnico falou também dos atletas que estão no departamento médico. Ele já adiantou que duas das principais peças da equipe estão fora.

Luan e Everton estão fora da Argentina. Luan Rafael sentindo muita dor no pé e o Everton, nos trabalhos de hoje, apontou que não está 100%. É uma lesão muscular, não adianta a gente querer forçar a barra. Temos que pensar com a cabeça, mão adianta colocar jogador que não tem condições. Vai arrebentar e de repente ficar fora do segundos jogo também.”

VAVEL Logo

Grêmio Foot-Ball Porto Alegrense Notícias