No Peru, Palmeiras busca classificação diante do Melgar pela Libertadores


No Peru, Palmeiras busca classificação diante do Melgar pela Libertadores

Verdão joga por empate para se classificar antecipadamente para próxima fase; time peruano precisa vencer para se manter vivo na competição

isabella-molina
Isabella Molina
fbc-melgarCáceda; Ramos, Diez, Fuente e Neyra; Sánchez, Gómez, Arias e Mifflin; Cuesta e Vidales. Técnico: Jorge Pautasso.
palmeirasWeverton; Mayke, Luan, Gustavo Gómez e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Zé Rafael; Gustavo Scarpa, Dudu e Deyverson. Técnico: Luiz Felipe Scolari.

Melgar e Palmeiras se enfrentarão, nesta quinta-fera (25), pela quinta rodada da fase de grupos da Copa Libertadores. A partida acontece às 23h (horário de Brasília), no Estádio Monumental de la Unsa, em Arequipa, no Peru.

No outro jogo entre as equipes, no Allianz Parque, no dia 12 de março, o Verdão goleou o adversário por 3 a 0. Esse foi o primeiro confronto da história entre os clubes.

O Alviverde, que é o segundo colocado do Grupo F, com nove pontos, atrás apenas do argentino San Lorenzo, que tem dez, joga por um empate para garantir a classificação antecipada para as oitavas de final da Libertadores.

Melgar pressionado

Terceiro colocado na chave, com quatro pontos, atrás apenas do Junior Barranquilla, que ainda não pontuou na competição, o Melgar precisa da vitória para manter a chance de se classificar para a próxima fase da Libertadores. Em seu último confronto no torneio, no dia 9 de abril, contra o San Lorenzo, o clube perdeu por 2 a 0. 

John Narváez, um dos principais jogadores da equipe peruana, foi suspenso pela Conmebol por agredir um dos atletas do San Lorenzo, na última rodada da competição.

Com o desfalque, Jorge Pautasso, comandante do time peruano, deverá escalar Christian Ramos em sua posição na defesa.

Verdão tem bom retrospecto contra peruanos

Além do Melgar, o Palmeiras já enfrentou outros clubes do Peru: Alianza Lima, Atlético Miguel Grau, Club Centro Deportivo, Club Defensor Arica, Sport Ancash, Sport Boys, Sporting Cristal e Universitário.

O retrospecto do time paulista contra adversários peruanos é positivo. Foram 44 jogos, com 30 vitórias alviverdes, seis empates e apenas oito derrotas. O Verdão balançou a rede 98 vezes e sofreu apenas 44 gols.

O meia Ricardo Goulart, preservado pela comissão técnica, não viajou com a delegação palmeirense. Como passou por uma cirurgia no joelho direito em outubro do ano passado, o trabalho de preparação feito pelo atleta é diferenciado.

Além de Goulart, outros jogadores que ficaram no Brasil foram o zagueiro Edu Dracena, o volante Jean e o meia Guerra. Eles realizarão trabalhos individuais.

VAVEL Logo