Brasil volta a jogar mal, empata com Venezuela e ouve vaias na Fonte Nova
Foto: Divulgação/CBF

Em jogo válido pela segunda rodada do Grupo A da Copa América, a Seleção Brasileira ficou no empate sem gols contra a Venezuela na Arena Fonte Nova, em Salvador. Placar que deixou o grupo embolado, onde será decidido na última rodada no próximo sábado. 

A partida começou lenta, com as duas equipes se estudando. Próximo dos 10 minutos, a seleção cresceu no jogo e começou a pressionar a equipe venezuelana. 

A primeira grande chance criada pela equipe comandada por Tite foi aos 15 minutos, após boa troca de passes no meio, Arthur achou David Neres, que finalizou de pé esquerdo e a bola passou perto da meta de Faríñez. Um minuto depois, a Venezuela saiu jogando errado e a bola sobrou para Richarlison, que soltou o pé, e o goleiro venezuelano fez uma grande defesa.

Os 20 minutos iniciais foi muito movimentado, aos 20, Yangel Herrera cruzou na área e o atacante Rondón subiu mais que a defesa Canarinha para assustar o goleiro Alisson. Na metade da primeira etapa, a equipe comandada por Rafael Dudamel melhorou um pouco e evitou algumas investidas do Brasil. Aos 37, Daniel Alves cruzou na área, Roberto Firmino dominou, finalizou e marcou, mas o árbitro Julio Bascuñan marcou falta do atacante brasileiro no início da jogada.

O segundo tempo começou do mesmo jeito do primeiro, o Brasil apertando e a equipe La Vinotinto se defendendo muito bem. A primeira boa chegada foi de Gabriel Jesus, que entrou na segunda etapa, o camisa nove recebeu na entrada da área e chutou colocado, a bola passou perto da trave venezuelana.

Aos 15 minutos, a arbitragem anulou o segundo gol brasileiro. Gabriel Jesus recebeu na entrada da área outra vez e finalizou, a bola desviou no zagueiro Villanueva e sobrou para Roberto Firmino, que em posição irregular, tocou para Gabriel Jesus dentro da área para marcar o gol. 

Durante quase toda a etapa complementar, a seleção teve muitas dificuldades na criação, onde trocou muitos passes, mas sem conseguir criar jogadas claras de gols.

Aos 43 minutos, a arbitragem anulou o terceiro gol brasileiro. Everton fez grande jogada pelo lado esquerdo e cruzou para a área, o goleiro Fariñez espalmou e a bola sobrou para Philippe Coutinho, que finalizou, mas a bola resvalou em Roberto Firmino, que estava em posição irregular mais uma vez. 

Ainda deu tempo para mais um ataque, aos 54, após escanteio cobrado, Fernandinho subiu mais que todo mundo e cabeceou no canto direito do goleiro, a bola passou muito perto da trave. No final, a torcida que estava na Arena Fonte Nova vaiou a seleção pelo fraco futebol apresentado durante a partida.

Ambas as equipes voltam a jogar no próximo sábado (22), às 16h. A Seleção Brasileira encara o Peru, na Arena Corinthians, em São Paulo, já a Venezuela, enfrenta a Bolívia no Mineirão.

MEDIA: 5VOTES: 1
VAVEL Logo