Carille comemora vitória e diz que tem ‘orgulho de fazer parte’ da história do Corinthians
Foto: Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Carille comemora vitória e diz que tem ‘orgulho de fazer parte’ da história do Corinthians

O aniversário do Alvinegro ficou ainda melhor após vitória por 1 a 0 contra o Atlético-MG na Arena Corinthians

julixnnag
Julianna Gonçalves

O Corinthians entrou em campo no domingo (01) pela 17ª rodada do Campeonato Brasileiro contra o Atlético-MG, na Arena Corinthians. A partida disputada na data de aniversário do time terminou por 1 a 0, com um gol de Gustavo aos 43 minutos do segundo tempo. Depois da partida, o técnico Fábio Carille comemorou o resultado conquistado.

“Hoje aconteceram várias coisas: ganhar no aniversário do Corinthians, chegar na terceira posição, estar naquele bloco de cima. Que orgulho fazer parte desta história, a oportunidade que tive de iniciar minha carreira como técnico. Só tenho que agradecer. Graças a Deus a gente conseguiu o objetivo. Hoje somos os terceiros, o Palmeiras tem um jogo a menos, mas vamos dormir na terceira posição, buscando a nossa recuperação”

Carille aproveitou para comentar o desempenho da defesa do alvinegro e alteração de Vagner Love por Gustavo no segundo tempo:

“Quando a gente fala de parte defensiva, ela passa por todos. A marcação começa com os jogadores da frente. A para da Copa América foi importante para que os jogadores tivessem entendimento de tudo isso. Não me lembro do segundo tempo de o Cássio ter trabalhado a não ser em escanteio, bola parada. De ser consistente, de continuar buscando o gol. Tem melhorado a questão ofensiva, mas tem espaço para mais.”

“Estava um jogo brigado, preocupei com a bola área, o Gustavo me ajuda mais no sem bola. Senti a equipe cansada. Fiquei esperando, conversando com os auxiliares, a gente achou que tinha que ser o Gustavo, para trabalhar mesmo bola para a área. Nosso gol saiu aos 43, Vital muito concentrado, num erro do goleiro. Movimentação boa do Gustavo”, completou.

Contando com resultados favoráveis de seus rivais e a vitória deste domingo, o Timão passou a somar 31 pontos e assumiu o terceiro lugar da tabela do Brasileirão, deixando Palmeiras e São Paulo para trás.

“Faltam 21 rodadas, isso dá 63 pontos, hoje é cinco de diferença. Estamos na nossa caminhada. Lembro que em 2017 a gente virou o turno com 14 pontos de diferença para o segundo, acho, e ali na fase final meio que enroscou, a gente chegou a ficar 13 pontos do Santos. Tem muita coisa para acontecer, a gente está na briga sim”, analisou. 

A próxima partida do Corinthians está marcada para sábado (07), às 11h, contra o Ceará, também na Arena Corinthians

VAVEL Logo