Artilheiro do Brasileirão, Gabigol celebra lua de mel com torcida do Flamengo: "É algo inexplicável"
Foto: Alexandre Vidal / CRF

Um é líder do Campeonato Brasileiro. Outro é o artilheiro da competição. Flamengo e Gabigol vivem atualmente uma fase magnífica. Ao lado de Arrascaeta e Bruno Henrique, o camisa 9 é um dos principais nomes da equipe nesta temporada, principalmente no Brasileirão, onde já balançou as redes 16 vezes. 

Na vitória por 1 a 0 sobre o Santos, seu ex-clube, Gabriel Barbosa marcou um golaço e enlouqueceu o Maracanã. Vivendo uma lua de mel interminável com a torcida rubro-negra, o atacante voltou a rasgar elogios aos flamenguistas em entrevista coletiva concedida nesta terça-feira (17), no Ninho do Urubu.

"É algo inexplicável e que me empolga quando entro em campo. É até difícil de falar. No mundo, todo mundo devia usar a camisa do Flamengo e entrar em campo um dia para sentir. É espetacular. Tinha a dimensão, mas aprendemos mais no dia a dia. Em qualquer lugar que a gente vai tem torcedor. Entrar no Maracanã é mesmo algo incrível e só o Flamengo proporciona isso".

Gabigol também comentou sobre a conexão muito rápida que teve com os torcedores. Ele aproveitou para relembrar a comemoração com os cartazes dizendo: "Hoje tem gol do Gabigol".

"Obviamente que (a placa) é uma brincadeira muito saudável. Uma pena que eu não possa mais levantar a plaquinha. É algo diferente e bacana, uma conexão minha com a torcida, de alguma maneira nos comunicamos. Não tem pressão alguma. Meu pensamento vai muito além dentro de campo para fazer o que o Mister pede".

Perguntado sobre a fórmula para o sucesso enorme do Flamengo, o atacante enalteceu o trabalho da diretoria e do treinador Jorge Jesus, outro que vem sendo idolatrado pelos rubro-negros.

"A diretoria fez um grande trabalho para unir jogadores deste nível. O elenco encaixou, todo são amigos, escutam um aos outros, querem sempre aprender. O trabalho do Mister também é muito importante. O Flamengo vem crescendo não só dentro de campo, mas também em termo de gestão. Não está aqui neste estágio à toa. A diretoria contratou jogadores que, acima de tudo, queriam estar aqui. São jogadores que são fãs do clube, da torcida e querem ser campões. O Flamengo nos dá toda condição e coisas que outros clubes não têm. Assim, a torcida só vai aumentar, mais jogadores vão querer vir e o clube só vai crescer".

Apesar da sequência de vitórias e da fase incrível que o time vem vivendo, Gabigol afirmou que não há oba-oba e que todos os jogadores estão com os pés no chão. De acordo com ele, o importante é levantar a taça no final do campeonato.

"Aqui dentro não tem empolgação alguma. Ainda não ganhamos nada. Essa coisa de campeão do turno não existe muito. É bom estar em primeiro seja qual for a rodada. Não é algo que defina nada agora. Temos jogos complicados pela frente. O importante é levantar a taça no final. Se isso não acontecer, todo esse futebol bonito não terá valido de nada".

Por fim, o camisa 9 do Rubro-negro carioca falou sobre uma possibilidade de convocação para a Seleção Brasileira e, apesar de reafirmar a importância de estar na próxima lista de Tite, garantiu que seu foco é total no Flamengo.

"Não conversei (com Tite). Estou bem tranquilo, feliz no Flamengo e minha ansiedade é só chegar ao Maracanã e ouvir aquela torcida cantando. Claro que a Seleção é o máximo para qualquer jogador".

VAVEL Logo