Após 20 anos, Moto Club e Fluminense se reecontram, agora pela Copa do Brasil
FOTO: MAILSON SANTANA / FLUMINENSE FC

Moto Club e Fluminense se enfrentam nesta quarta-feira (26), no Castelão, em São Luís, capital do Maranhão, às 21h30 (horário de Brasília). O confronto é válido pela primeira fase da Copa do Brasil. A saber, as equipes se enfrentam em jogo único. Como pelo regulamento da competição, o time visitante tem a vantagem do empate. Quem passar desse confronto enfrentará o Botafogo-PB.

Ao todo, foram dez jogos entre as equipes, com ampla vantagem para o Fluminense, com nove vitórias, enquanto o adversário nunca venceu a equipe carioca. O outro resultado foi um empate. O último duelo ocorreu em 16 de novembro de 1999, no Maracanã, pela segunda fase da Série C do Campeonato Brasileiro. O Tricolor venceu por 2 a 1. Silvio abriu o placar para o clube maranhense. Ao passo que Paulo Cesar empatou e Magno Alves marcou o gol da vitória.

Moto Club sob comando interino

Líder no campeonato maranhense, a equipe está invicta nesta temporada. Nas quatro partidas disputadas, foram três vitórias e um empate. No entanto, os resultados não foram suficientes para manter Leandro Campos no cargo. Após o empate sem gols com o São José, o treinador foi demitido e Dejair Ferreira, auxiliar técnico, comanda o time interinamente.

O destaque é o meia-atacante Ancelmo, artilheiro do Moto Club neste ano, com quatro dos oito gols marcados pelo time. No ataque, há um desfalque. Trata-se de Edrean, que já atuou nesta edição do torneio pelo Caucaia, no dia 12, quando o time cearense perdeu em casa para o São José-RS, por 2 a 1. Seu substituto deve ser Luan. O meia Doda, porém, corre por fora na disputa.

A provável escalação é: Saulo; Geovane, Douglas, Wallace e Jeff Silva; Amaral e Naílson; Anselmo, Silvio e Luan (Doda); George.

Fluminense com mudanças no ataque

Em atividade no CT Carlos Castilho, o técnico Odair Hellmann promoveu três alterações em relação à partida contra o Unión La Calera, que culminou na eliminação precoce do Tricolor na Copa Sul-Americana. Isso porque Wellington Silva e Fernando Pacheco estão novamente à disposição. Os dois ficaram do duelo com os chilenos por não estarem inscritos na competição. Logo, devem formar o trio de ataque com Evanilson, nos lugares de Marcos Paulo e Caio Paulista.

Na zaga, a novidade fica por conta de Nino, que após o período com a Seleção Pré-Olímpica, será titular pela primeira vez. Ele ocupará a vaga de Luccas Claro. O zagueiro havia começado no banco contra o La Calera. No meio de campo, Henrique, Yuri e Nenê devem ser os titulares. Logo, Ganso começará mais uma vez no banco.

A provável escalação é: Muriel, Gilberto, Nino, Digão e Egídio; Henrique, Yuri, Nenê; Wellington Silva, Fernando Pacheco e Evanilson.

Arbitragem

O trio de arbitragem vem de Minas Gerais. O árbitro Felipe Fernandes de Lima comanda a partida. Seus assistentes serão Ricardo Junio de Souza e Fernanda Gomes Antunes.

VAVEL Logo