Cruzeiro vence Sampaio Corrêa fora de casa em jogo
nervoso para a arbitragem
Pottker comemora o gol logo aos três minutos (Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro EC)

Num jogo quente e recheado de reclamações de ambos os lados com a arbitragem, o Cruzeiro voltou a vencer na Série B do Campeonato Brasileiro. O time mineiro bateu o Sampaio Corrêa, por 1 a 0, no Castelão, em partida válida pela 33ª rodada, realizada nessa sexta-feira (8).

Cruzeiro agressivo no primeiro tempo

Felipão escalou a mesma base do time que havia empatado com o Cuiabá na última rodada. Naquela oportunidade, Giovanni tinha ganhado a primeira chance como titular, mas não havia ido bem. Desta vez, com o Sampaio, o armador conseguiu trabalhar a bola com espaços e ditar o primeiro tempo celeste.

Tanto que o primeiro gol saiu logo aos três minutos, com William Pottker, numa jogada que nasceu de uma ligação justamente de Giovanni num passe de primeira, no meio campo. Em desvantagem, a Bolívia Querida saiu para o jogo, mas teve enormes dificuldades de furar a defesa da Raposa.

As duas melhores chances do Sampaio ocorreram numa jogada individual de Robson, e em um lance de finalização dentro da área de Caio Dantas. Embora os mandantes tenham sido superiores na posse de bola, foi o Cruzeiro quem teve mais perto de ampliar ainda no 1° tempo.

Segundo tempo quente e com expulsões

Para a etapa final, Giovanni, ainda fora de forma, deu lugar ao volante Jadsom Silva. O Cruzeiro perdeu um pouco de intensidade. A situação ficou mais crítica quando William Pottker recebeu cartão amarelo por falta, e menos de um minuto depois, ganhou o vermelho por reclamação.

A partir daí, só deu Sampaio. Contudo, o time maranhense não conseguiu de nenhuma forma furar o bloqueio defensivo. No total, conforme o Sofascore, foram 29 finalizações contra apenas nove da Raposa.

Em meio a tudo isso, houve bastante confusão com a arbitragem na maioria das marcações. Giovanni foi até expulso, no banco de reservas. O Cruzeiro não conseguiu atacar no segundo tempo, foram apenas dois chutes a gol. A equipe de Felipão tentou apostar nos contra-ataques, mas a solução encontrada foi segurar a bola no campo de ataque o maior tempo possível.

Classificação e agenda

Com a vitória, o Cruzeiro subiu para o 11° lugar, com 44 pontos. O objetivo do clube, segundo Felipão, é eliminar todas as possibilidades de queda para a Série C. O próximo jogo será na quarta-feira (13), contra o Oeste, no Mineirão.

O Sampaio Corrêa, que já chegou a ser vice-líder da competição, completou a quinta derrota seguida e está na 9ª colocação, com 45 pontos. Na próxima rodada, a Bolívia enfrenta o Botafogo-SP, fora de casa, na terça-feira (12).

VAVEL Logo