Com direito a show de Neymar e companhia, Brasil
goleia o Peru pela Copa América
Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Na reedição da final da última Copa América, a Seleção Brasileira saiu vencedora. O Brasil goleou o Peru por 4 a 0, no Nilton Santos/RJ, em partida válida pela segunda rodada do Grupo B da Copa América. Os gols foram marcados por Alex Sandro, Neymar, Everton Ribeiro e Richarlison.

Gol logo no início da partida e primeiro tempo sem graça

O Brasil entrou na partida com seis peças diferentes, comparando com a estreia com a Venezuela. São eles: Ederson, Thiago Silva, Alex Sandro, Fabinho, Éverton cebolinha e Gabigol.

O primeiro tempo foi bem abaixo para as duas equipes, nenhuma das seleções conseguia criar. A única chance de perigo da primeira etapa foi aos 11’, que saiu o gol do Brasil. A jogada iniciou na ponta esquerda com Cebolinha, com um levantamento na área. Tapia tentou o corte, mas afastou mal e sobrou nos pés de Gabriel Jesus, que de primeira cruzou pro meio da área achando Alex Sandro livre de marcação, só tendo o trabalho de empurrar para rede.

A seleção brasileira ainda chegou duas vezes, uma com Fabinho e outra com Alex Sandro, mas sem perigo ao gol de Gallese. O Peru até tentava chegar, mas, assim como o Brasil, faltava criação e velocidade no meio de campo.

Mudança de postura e show de Neymar na segunda etapa

O técnico fez duas mudanças logo no início da segunda etapa que foram: Richarlison no lugar de Gabigol e Éverton Ribeiro no lugar do Cebolinha. E as mudanças logo fizeram efeito, deixando a Seleção mais leve e rápida, chegando mais facilmente ao ataque.

Logo com 14 minutos, a primeira chegada de perigo da segunda etapa surgiu. Após uma bela jogada individual, Neymar foi tocado dentro da área e o pênalti foi marcado, mas que foi anulado após uma consulta ao VAR foi anulado. Oito minutos após o pênalti, aos 22’, o camisa 10 do Brasil recebeu de costas para o gol, fez o giro e marcou um belíssimo gol, fazendo o segundo do Brasil na partida. Com esse gol, Neymar chegou ao 68º gol com o Brasil, 9 atrás do Rei Pelé.

O Brasil não estava satisfeito com a vitória parcial e seguia se lançando ao ataque, chegando com perigo com Richarlison, parando nas mãos de Gallese, após um contra-ataque pela direita.

Firmino, aos 41’, também teve uma chance importantíssima, recebendo um grande passe de Richarlison, após uma linda triangulação com Fred. Porém, o atacante do Liverpool finalizou desequilibrado nas mãos de Gallese.

A Seleção Canarinho não parava de se lançar ao ataque e, nos minutos finais, fechou o caixão contra o Peru. Aos 43 minutos, Neymar achou Richarlison livre de marcação na ponta esquerda, que chegou cruzando para Everton Ribeiro livre de marcação na pequena área. O meia do Flamengo não perdoou e ampliou a vantagem para o Brasil.

Já nos acréscimos, Neymar recebeu de costas para o gol e viu o Firmino passando nas costas da defesa. Com um passe mágico, ele deixou o camisa 20 na cara do gol, mas finalizou em cima do goleiro peruano. No rebote, Richarlison precisou de duas chances, mas guardou para o Brasil, fechando a conta. Brasil 4 a 0!

Cara do jogo

Indiscutivelmente, o melhor jogador em campo foi o Neymar. Apesar de não ter feito um bom primeiro tempo, assim como todos os jogadores, o camisa 10 foi mágico na segunda etapa. Estava em todos os espaços do campo, criou chances, finalizou sempre com perigo e, além de tudo isso, está cada vez mais perto do Rei Pelé na artilharia da seleção.

Após a partida, o Neymar foi perguntado sobre seu 68º gol e estar a 9 gols do Pelé e, entre lágrimas, disse que os números não são nada perto da felicidade de jogar pelo seu país.

Sequência

Após essa partida, o Brasil irá folgar na próxima rodada da fase de grupos, e volta a jogar na quarta rodada, contra a Colômbia, na quarta-feira (23), às 21h, novamente no Nilton Santos. Já o Peru, volta a campo no domingo (20), também para enfrentar a Colômbia, pela terceira rodada da fase de grupos às 21h, em Goiânia.

VAVEL Logo