Com Kaiky, do Santos, imprensa espanhola elege seleção das promessas para 2022
Foto: Ivan Storti/ Santos FC

Durante todo início de ano, o futebol mundial cria expectativas para as jovens promessas que podem ganhar espaço no semestre final da temporada europeia ou o começo de outras ligas, como as do Brasil. De olho em atletas nascidos pós anos 2000, o Diario Marca, da Espanha, arquiteta um selecionado de 11 jogadores considerados grandes promessas.

Como critério, o jornal "excluiu" nomes já consagrados, como o campeão mundial Kylian Mbappé, Erling Haaland, Mason Mount, Jude Bellingham e outros. A seleção foi montada com jogadores de fora da La Liga e de equipes variadas, incluindo as do futebol sul-americano.

A seleção

Gavin Bazunu (Portsmouth) - Goleiro irlandês emprestado pelo Manchester City;

Valentino Livramento (Southampton) - Lateral direito revelado pelo Chelsea, eleito o melhor jogador da base do ex-clube durante 2020-21;

Kaiky (Santos) - Mais jovem jogador a marcar um gol pelo Santos na Copa Libertadores, aos 17 anos. É considerado o "novo Marquinhos";

Gonçalo Bernardo (Sporting CP) - O jovem veterano zagueiro do clube português é famoso pelos gols marcados: 5 em 46 partidas. É da seleção sub-21 de Portugal;

Aaron Hickey (Bologna) - Lateral esquerdo escocês, vem da "escola" de Tierney e Robertson. Também marca gols, são 4 na liga italiana e tem características de velocidade;

Aurélien Tchouameni (Monaco) - Talvez o jogador mais badalado dessa lista. O volante francês é caracterizado pela boa marcação, passes de qualidade e presença ofensiva. Já integra o plantel principal da França;

Florian Wirtz (Bayer 04) - Já são 4 convocações para a seleção alemã, 17 gols e 19 assistências em 68 partidas. Tudo isso aos 18 anos e seu potencial é visto como o de superior ao Havertz para alguns;

Conor Gallagher (Crystal Palace) - Elogiado por Carragher e comparado ao Grealish, Gallagher está emprestado pelo Chelsea e soma 6 gols e 3 assistências na temporada;

Chikwunonso Madueke (PSV) - Revelado como meia, tornou-se um ponta veloz. Seu início no PSV foi meteórico, com 6 gols e uma assistência em 7 jogos. Uma lesão o afastou por boa parte da temporada;

Kamaldeen Sulemana (Rennes) - Veloz, foi extremamente elogiado por Flemming Pedersen, seu ex-treinador do Nordsjaelland, o colocando como "superior ao Neymar". Ganês, marcou 4 gols nos 10 primeiros jogos de Ligue 1;

Julián Álvarez (River Plate) - Pupilo de Gallardo, foi eleito o Rei da América na temporada e soma 18 gols e 7 assistências em apenas 21 jogos. Integra a seleção argentina e deve ser negociado com o futebol europeu em breve.

VAVEL Logo