No brilho de Gabi Zanotti, Corinthians goleia São José e assume vice-liderança do Brasileirão Feminino
Rodrigo Gazzanel/Agência Corinthians

Na tarde desta segunda-feira (25), o Corinthians venceu o São José no Estádio Martins Pereira, em São José dos Campos/SP, por 5 a 0. A partida foi válida pela sétima rodada do Campeonato Brasileiro Feminino 2022. Os gols da partida foram anotados por Gabi Zanotti (3), Adriana e Jheniffer.

Leve, solto e no controle

A primeira etapa começou bastante movimentada, com as duas equipes conseguindo construir suas jogadas em belos passes e se sujeitando ao ataque. Houve algumas chances, não claras, mas com certo perigo nos primeiros minutos. Passando dos dez minutos iniciais, o Corinthians passou a controlar mais a partida, girando a bola e procurando os buracos da defesa do São José. Pelo centro, surgiram grandes jogadas, com espaço suficiente para bater para o gol. Porém, as melhores oportunidades aconteceram pelas laterais, em bolas alçadas na área.

A Águia do Vale até conseguiu incomodar um pouco, mas sofreu bastante com a equipe alvinegra controlando o meio campo e sufocando-as dentro de seu campo de defesa. Quando tomavam a bola para sair no contra-ataque, estavam muito recuadas e distantes do gol adversário, fazendo com que o ataque fosse baseado em qualidade individual e em seguida, devolvendo a posse para o adversário, que defendia em maior número.

Zanotti teve todo o meio campo para trabalhar e criar as jogadas ofensivas para as Brabas, distribuindo a bola nos flancos e também pelo centro, onde parecia ser a maior fragilidade da equipe adversária. Com o relógio batendo 30 minutos, a camisa 10 sofreu uma falta na meia lua da grande área. Na cobrança, Yasmin foi para a batida e a bola explodiu no travessão e passou por trás do gol.

As coisas começaram a ficar mais emocionantes quando o relógio bateu os 40 minutos. Depois de uma ótima jogada trabalhada pela ponta esquerda, a bola chegou dentro da área e Zanotti de frente para o gol, recebeu um ótimo passe. Na batida, mandou no cantinho da goleira, abrindo o placar para o Corinthians. Logo em seguida, em roubada de bola alvinegra, Tamires recebeu na ponta esquerda e tentou fazer o cruzamento. A bola pegou efeito e bateu no travessão, com o toque da goleira. No rebote, Zanotti estava dentro da pequena área e empurrou para o fundo das redes, aumentando a vantagem para as Brabas.

Apesar dos sustos no início da etapa, as alvinegras controlaram a partida por completo, na posse, nas finalizações e no ritmo. Autora dos dois gols, Gabi Zanotti teve o campo inteiro à sua disposição e fez o que quis, levando para o vestiário um placar de 2 a 0, que poderia ter sido mais.

Ataque insaciável

Em chamas, foi como recomeçou a segunda etapa. O clube celeste passou a se movimentar melhor, partindo para o ataque em lançamentos longos, para sair da pressão que fazia a equipe alvinegra. O rival continuava a pressionar, assim como na primeira etapa, na procura de outro gol, que daria um conforto maior na partida. Apesar dos estilos, a primeira grande chance foi celeste. Chegando na marca dos oito minutos, Bea recebeu em profundidade, viu a goleira adversária sair para tentar fazer o corte e tentou bater por cima. A bola pegou muita força e passou por cima do travessão.

A resposta aconteceu um tempo depois, em jogada que foi invertida para a ponta esquerda até os pés de Zanotti. A camisa 10 cruzou para área e Vitória — zagueira do São José — cortou para entrada da área. No entanto, Adriana bem posicionada, matou no peito — o presente recebido, esperou o quique e mandou um foguete no canto esquerdo da goleira, sem chances de defesa, fazendo o terceiro.

Pouquíssimo tempo depois, Zanotti, a maestra em campo com a camisa corinthiana, recebeu próximo da meia lua e bateu colocado no ângulo, uma verdadeira obra de arte, anotando seu hat-trick. Abaladas com o resultado que complicava ainda mais a situação da equipe na competição, as jogadoras celestes mal tinham forças para buscar o ataque e quando tentavam, a defesa alvinegra frustrava as investidas adversária.

Passando da metade da segunda etapa, Jheniffer recebeu um belíssimo passe em profundidade — aquele que toda centroavante sonha, lá do campo de defesa. A atacante ganhou da zagueira na velocidade e tocou na saída da goleira, fazendo o quinto gol alvinegro na partida. O jogo se manteve no mesmo padrão da primeira etapa, um ataque contra defesa, mas nesta etapa o Corinthians foi mais eficiente. As donas da casa, desestabilizadas, não conseguiam acertar três passes seguidos e se via esbarrando na marcação adversária, que parecia não satisfeita com o placar.

As Brabas ainda tiveram algumas oportunidades de aumentar, mas a trave parou um dos ataques e a goleira adversária também. Por fim, o juiz apitou o final da partida e o Corinthians, com a vitória, assumiu a vice-liderança da competição.

Classificação e próximos compromissos

Com a vitória, as Brabas assumiram a vice-liderança, ficando apenas dois pontinhos atrás da liderança ocupada no momento pelo Palmeiras. Já as Águias do Vale permaneceram na 13ª posição primeira colocação do Z-4.

O Corinthians volta a entrar em campo no próximo domingo (1º), contra a Ferroviária, em casa, às 11h. O São José volta a campo também no domingo (1º), contra o Cruzeiro em Belo Horizonte, às 15h.

VAVEL Logo