Diego Alves nega foco do Flamengo na Sul-Americana e desabafa: "Não estamos felizes"

Goleiro evitou apontar competição 'mais importante' para o Rubro-Negro; arqueiro também se mostrou decepcionado com momento oscilante no Brasileirão

Diego Alves nega foco do Flamengo na Sul-Americana e desabafa: "Não estamos felizes"
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

Neste domingo (12), o Flamengo visitou o Palmeiras em duelo direto por uma vaga no G-4 do Campeonato Brasileiro. Assim como em nove dos últimos dez jogos fora de casa na competição, o Rubro-Negro voltará para o Rio com a derrota na bagagem - desta vez por 2 a 0, com dois gols de Deyverson para os paulistas.

Após mais um revés como visitante, Diego Alves garantiu que a equipe carioca não está feliz com os recentes resultados em campo. Ainda segundo o goleiro, os jogadores da Gávea tem como grande objetivo levar o Flamengo à Libertadores

"Somos nós que entramos dentro de campo e temos de fazer o melhor. Claro que também não podemos por erros culpar alguém ou não. O grupo sabe onde errou e temos de tirar força para terminar os jogos do Campeonato Brasileiro. O objetivo ainda não está alcançado e temos de fazer de tudo. Também não estamos felizes", afirmou.

Perguntado sobre uma possível mudança de foco para a semifinal da Sul-Americana, o arqueiro fez questão de enaltecer também o valor do Brasileiro. No torneio nacional, o Flamengo é o atual sétimo colocado, com 50 pontos conquistados. 

Flamengo x Junior Barranquilla: informações e valores de ingressos para o duelo da Sul-Americana

(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)
(Foto: Gilvan de Souza/Flamengo)

"A Sul-Americana é uma competição à parte. Hoje, estamos em sétimo. Estaríamos pelo menos na pré-Libertadores. Não é a posição que queríamos. O Brasileiro termina antes e não podemos apostar todas as fichas na Sul-Americana. A concentração tem de ser no Brasileiro", completou.

Antes do confronto, os jogadores do Palmeiras foram alvos de protestos da principal torcida organizada alviverde, que cobraram melhores resultados por causa dos altos investimentos financeiros feitos. Para Diego Alves, o Flamengo vive uma situação similar à palmeirense no extracampo.

"Está acontecendo a mesma coisa que no Palmeiras. A gente vê que o investimento às vezes foi alto, mas alguns jogadores vieram grátis, como meu caso. Mas temos de assumir as responsabilidades, mas temos jogadores de nomes, jogadores que vieram para o Flamengo. Quando viemos, assumimos toda a responsabilidade. Viemos para vencer", finalizou Diego Alves.

Na quinta-feira (16), o Flamengo enfrentará o Coritiba, no Couto Pereira, às 21h. A partida é válida pela 35ª rodada do Campeonato Brasileiro. Se vencer, o Rubro-Negro pode terminar a rodada perto do G-4; entretanto, em caso de derrota, a equipe pode até mesmo deixar o G-7.

Vizeu admite erros e assume peso de defender o Flamengo: "Temos que fazer história"