Descontente com último jogo, técnico Roberto Fernandes promete mudanças no setor defensivo

Após derrota por 3 a 0 diante do Central (PE), treinador busca corrigir problemas defensivos para clássico de amanhã contra o Sport

Descontente com último jogo, técnico Roberto Fernandes promete mudanças no setor defensivo
(Foto:Léo Lemos/Náutico)

Sem muito tempo para lamentar a derrota desse domingo(21) , Náutico já vem trabalhando durante o início da semana para o clássico de amanhã contra o Sport. Após a fraca atuação no último jogo do time da Rosa e Silva, técnico Roberto Fernandes prometeu mudanças na defesa.

"Não gostei do desempenho na última partida e vamos mexer. Sem querer crucificar ninguém, mas nós jogamos com uma defesa muito jovem no jogo contra o Central. É uma zaga com um jogador de 20 e outro de 21 anos. Eu entendo que os dois tenham capacidade de jogar, desde que tenham, nesse momento, um zagueiro mais experiente. Então foi um dos setores que não tivemos tranquilidade e acho que vamos ter mexida ali", adiantou o treinador.

Comandante alvirrubro já deixou claro que umas das mudanças no setor será o retorno de Cleydson Camutanga, que cumpriu suspensão no último confronto, e cogitou a posibilidade de improvisar Negretti na posição.

"Existe a possibilidade de Negretti jogar, já que ele terminou a partida nessa posição diante do América (PE), e a outra é o retorno automático do Cleydson Camutanga. O Claydson volta para a zaga e o companheiro dele a gente decide hoje".

Além de Negretti, quem também já pode fazer dupla na zaga com Camutanga é Breno Calixto. O jogador, que fez parte do elenco alvirrubro na série B do ano passado, havia deixado o clube mas voltou e hoje foi regularizado no BID (Boletim Informativo da CBF). Roberto analisou a importância de Breno para o grupo de jovens jogadores na defesa do Timbu.

(Foto: Léo Lemos/Náutico)

"O Raphael Ribeiro tem 21 anos, Camutanga tem 21 anos, Samuel tem 19 anos. São garotos com muito potencial mas que em determinados momentos sentem, de certa forma, a pressão. Breno vem pra dar esse equilíbrio", destacou. Treinador, no entanto, ponderou escalação ao demonstrar preocupação com estado físico do Zagueiro, procurando evitar problemas futuros.

"O que me preocupa é que o Breno chegou a pouco mais de uma semana. Ele está a mais de 40 dias sem treinamento. Há uma preocupação de como ele estaria para esse clássico na parte física, e a outra de que, quando você vai pro jogo sem estar na condição física ideal, você corre um risco de lesão. Aí não perderíamos o jogador só por uma partida, como a gente joga praticamente dia sim e dia não, são quatro, cinco ou seis jogos", completou. 

O Náutico é o quarto colocado do Campeonato Pernambucano com três pontos, enquanto o Sport é o vice-líder com um ponto a mais que os Alvirrubros. O Clássico dos Clássicos acontecerá amanhã (24) às 21h30, na Arena de Pernambuco.