Djokovic faz partida em alto nível, vira contra Edmund e vai às oitavas de Wimbledon

Djokovic faz partida em alto nível, vira contra Edmund e vai às oitavas de Wimbledon

Sérvio enfrentou torcida contra em peso em sua partida contra britânico, mas conseguiu manter concentração e ganhar a partida

Henrique
Gabriel Matos

Novak Djokovic está buscando seu 14° Slam, e avançou às oitavas de final pela terceira vez em três majors na temporada. Neste sábado (7), o sérvio despachou o #17 Kyle Edmund em quatro sets, com parciais de 4/6, 6/3, 6/2 e 6/4, em 2h56 de partida válida pela terceira rodada de Wimbledon.

Com essa vitória, Djokovic agora tem saldo neutro em partidas na grama nas quais perdeu o primeiro set: são 14 vitórias e 14 derrotas. A última vez que ele havia conquistado uma vitória nessas condições foi contra o sul-africano Kevin Anderson em Wimbledon de 2015, quando perdeu os dois primeiros sets e virou o jogo no dia seguinte. Além disso, o sérvio também conquistou a 280ª vitória sobre tenistas do top 20, estando atrás de Nadal (284) e de Federer (356) nesse quesito.

A partida mostrou um britânico bastante motivado em toda a partida, e mentalmente muito bem no primeiro set e na metade do segundo. Com um estilo de jogo decididamente agressivo, ele marcou quatro winners a mais que Djokovic, que também assumiu uma postura agressiva, mas cometeu 32 erros não-forçados, o que custou muitos games e chances perdidas.

O sérvio foi mais preciso e cauteloso, cometendo apenas 15 erros nos quatro sets disputados. No serviço, ambos tiveram bons números: 18 aces e duas duplas faltas para o ex-número 1, 11 aces e quatro duplas faltas para Edmund. O problema do tenista da casa foi seu baixo aproveitamento de primeiro serviço: 60%, enquanto seu oponente teve 74%.

A partida, em si, foi das mais interessantes. A torcida atrapalhou constantemente o sérvio, vaiando-o em diversos momentos da partida, incluindo quando venceu a partida. Djokovic não deixou a provocação barata: em alguns pontos importantes, provocou de volta, mandando beijos para o público. Além disso, houve um ponto de extrema polêmica, devido à incompetência do juiz, principalmente. Kyle Edmund bateu uma bola depois de ter tocado duas vezes no chão, encostou na rede antes de seu golpe quicar duas vezes e seu golpe foi para fora. Mesmo assim... venceu o ponto.

Em entrevista, Djokovic elogiou bastante seu adversário."Ele tem jogado o melhor tênis de sua vida no último ano. Venceu a nossa última partida, inclusive. Você pode perceber que ele jogou melhor que eu no primeiro set e na metade do segundo. Estava com um jogo excelente, batendo bem dos dois lados. Foi uma partida de muita qualidade, pra ser honesto. Foi muito, muito intenso. A diferença se deu apenas num ponto aqui e ali", analisou.

O próprio Edmund comentou o seu jogo, afirmando que não foi tão bem assim. "Hoje, fui razoavelmente bem. Não muito bem em termos de margens. Talvez, eu poderia ser mais agressivo em certos momentos. Mas é mais fácil falar do que fazer quando você está num ponto longo. No geral, estou feliz com o resultado final. É, eu gostaria de ter vencido hoje, mas não aconteceu", lamentou

Com a vitória, Novak Djokovic terá pela frente o russo #40 Karen Khachanov, que avançou para as oitavas pela terceira vez na carreira, ao vencer o estadunidense Frances Tiafoe, após perder os dois primeiros sets: 4/6, 4/6, 7/6(3), 6/2 e 6/1. Será o primeiro cabeça-de-chave que Khachanov terá de enfrentar no torneio. Os dois nunca se enfrentaram no circuito.

VAVEL Logo

Tênis Notícias

há 15 horas
há 15 horas
há um dia
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 2 dias
há 3 dias
há 3 dias